Economia

Especialista traz dicas para empreendedores saírem da crise

“O primeiro passo é identificar quais foram os erros que levaram a empresa para o fracasso financeiro e não repeti-los”, orienta Raquel Santos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Com a pandemia da covid-19, cerca de 720 mil empresas fecharam em todo o Brasil. Na Bahia, segundo a Fecomércio, só os shoppings tiveram um prejuízo superior a R$ 3 bilhões por ficarem fechados durante a Páscoa, Dia das Mães e o São João. Para as que 'sobreviveram' e estão aos poucos reabrindo, a especialista em gestão financeira Raquel Santos explica que é preciso ter resiliência para "recomeçar". 

“O primeiro passo é identificar quais foram os erros que levaram a empresa para o fracasso financeiro e não repeti-los”, orienta Raquel. A especialista listou cinco passos para reverter a situação, que funcionam até para as empresas que estão sem caixa. Confira:  

1. “Calma, muita calma para encarar a realidade financeira do seu negócio;

2. Identificar o tamanho real do problema financeiro da empresa, ou seja, quanto ela tem de obrigações vencidas e a vencer até dezembro;

3. Negociar um plano de pagamento com os seus fornecedores - que seja atrativo para as

duas empresas. Afinal, ter empatia nesse momento é fundamental; 

4. Procurar a melhor forma para o pagamento da dívida com os funcionários que foram

demitidos e que não receberam seus direitos por falta de dinheiro no caixa. Buscar orientações jurídicas é importante para estabelecer esses acordos e evitar mais problemas futuros;

5. Fazer o planejamento financeiro do negócio de forma a estabelecer quanto a empresa precisa vender todos os meses para pagar todas as suas despesas, todas as dívidas e ainda gerar caixa”, explica Raquel.

Raquel Santos ainda alertou que é importante fazer o planejamento para 2021. A especialista criou um método que chama de “Bora Financeirar”, que favorece a educação sobre gestão financeira com o uso da tecnologia. "É uma forma de ajudar um empreendedor a esclarecer todas as dúvidas que possa ter quando o assunto é o dinheiro do seu negócio", pontua. 

“O método ajuda os empreendedores a mudarem a realidade da gestão financeira e não sofrerem com as crises por falta de dinheiro no caixa”, conclui a especialista em gestão financeira.