Mundo

Tubarão é capturado após provocar pânico em praias

Banhistas foram proibidos de entrar na água e o animal foi sacrificado

Agência O Globo

Os turistas e moradores que aproveitaram o fim de semana de sol para se banharem no balneário de Mallorca, na Espanha, passaram por um susto. No sábado, um grande tubarão azul foi visto nadando a poucos metros da faixa de areia nas praias de Cala Major e Cala Nova. A espécie não é conhecida por atacar humanos, mas as águas foram evacuadas por precaução. Apenas no domingo os banhistas puderam entrar na água, após o animal ser capturado por funcionários do aquário local.


De acordo com o “El Mundo”, o alarme foi dado por crianças que brincavam na água, gerando cenas de pânico entre as centenas de pessoas que se divertiam na praia. Um vídeo mostra os banhistas deixando a água apressados, enquanto o tubarão nadava lentamente. Salva-vidas levantaram as bandeiras vermelhas e ordenaram os banhistas a saírem da água.

No domingo, o tubarão foi capturado na praia de Can Partilla, mas foi sacrificado por causa de ferimentos. Em comunicado, a equipe de resgate do Palma Aquarium informou que era a “quinta vez que animal tentava se aproximar da costa de Mallorca”. Avaliações dos especialistas indicaram que o animal tinha um anzol cravado em sua boca, que provocou canos “irreversíveis”.



“Com o intuito de não prolongar o sofrimento desnecessário do peixe, a prática da eutanásia foi a única opção”.

Além das praias de Cala Major e Cala Nova, o tubarão foi visto em Illetes e outros pontos da baía de Palma de Mallorca. Por esse motivo, os especialistas já suspeitavam de que o animal não estava em boa saúde, o que foi confirmado após sua captura, por volta das 17h de domingo, pelo horário local.