Educação

Vai fazer Enem? É obrigatório assistir a estes documentários

Todos as obras estão disponíveis na íntegra na internet

Isadora Sodré (isadora.sodre@redebahia.com.br)

Está estudando para o Enem e está cansado dos livros, cadernos e fórmulas lógicas? Que tal assistir documentários para “pensar fora da caixa” e ainda estudar para o exame? O iBahia selecionou oito documentários que abordam assuntos recorrentes na prova, como consumismo, conflitos de terras indígenas, globalização, educação e meio ambiente. Estudar através dos filmes pode te ajudar nas questões sobre estes assuntos e aprimorar a sua argumentação na temida redação do Enem.


1. Encontro com Milton Santos: O mundo global visto do lado de cá (2002)

Este documentário, dirigido pelo cineasta brasileiro Sílvio Tendler, explica os problemas da globalização através do olhar do geógrafo baiano, Milton Santos(1926–2001). As gravações foram realizadas quatro meses antes do seu falecimento. O longa-metragem discute importantes questões atuais, como as relações de trabalho, poder e tecnologia no século XXI.


2. Pro Dia Nascer Feliz (2006)
Quais são as condições da educação no Brasil? O documentário de João Jardim procura responder esta pergunta ao trazer a realidade das escolas públicas e particulares em todo o Brasil. O filme mostra o embate das realidades sociais do país nos ambientes educacionais e faz com que o espectador reflita sobre a situação deste tema tão importante.


3 . Muito Além do Peso (2012)

Mais de 30% das crianças brasileiras estão acima do peso e o longa-metragem de Estela Renner procura desvendar a raiz desta situação. As respostas estão ligadas à publicidade, à indústria, a publicidade e à sociedade. Com histórias reais, o documentário busca discutir a obesidade infantil no Brasil e no mundo.



4. O Veneno Está na Mesa (2011)
O filme mostra como o modelo agrário brasileiro é pautado pelo agronegócio e como isso pode impactar na vida das pessoas. O documentário de Silvio Tendler explica como a utilização de agrotóxicos pode ser um perigo tanto para os trabalhadores, quanto para o consumidor final do alimento.



5. Ilhas das Flores (1989)
Dirigido por Jorge Furtado, o documentário mostra a situação da Ilha das Flores, lixão localizado a poucos quilômetros de Porto Alegre que recebe grande parte do lixo da cidade. O filme mostra todo o percurso do alimento, desde a plantação até o lixão. Desta forma, o filme traz a discussão de como a desigualdade social e o consumismo afetam diretamente a vida das pessoas, principalmente das mais carente.



6. “Obsolescência Programada” (The Light Bulb Conspiracy) (2010)
A produção exacerbada de lixo e o desejo desenfreado pelo consumo são assuntos que pertencem ao século XXI e também estão presentes neste documentário espanhol dirigido por Cosima Dannoritzer. O longa relata a estratégia das empresas em diminuir a vida útil dos objetos para que o consumo aconteça de forma cada vez mais rápida, o que faz com o que espectador reflita as consequências deste ritmo e os principais pontos negativos do consumismo.


7. A Sombra de um Delírio Verde (2011)
O documentário relata a luta do povo indígena Guarani Kaiowá pela reconquista de território. A tribo com mais de 40 mil índios foi expulsa por latifundiários e vivem em menos de 1% do seu território original, com casos de desnutrição entre os integrantes do povo, além da exploração latifundiária em suas terras.


8. História das Coisas (The Story of Stuff) (2007)

De que forma o consumismo exacerbado afeta negativamente do meio ambiente? De forma didática, o curta-metragem em forma de animação, produzido por Louis Fox, explica de forma didática os padrões de consumido da sociedade atual e a conexão deste hábito com os problemas ambientais.