E. C. Bahia

Guto Ferreira critica arbitragem de jogo contra o Londrina

Após derrota por 1x0, técnico do Bahia reclama de gol irregular marcado pela equipe paranaense

Daniela Leone

O Bahia tropeçou mais uma vez na Série B do Campeonato Brasileiro. Na terça-feira (04), perdeu para o Londrina por 1x0, no estádio do Café. O único gol do jogo foi marcado aos sete minutos do 1º tempo, após cobrança de falta. Em posição de impedimento, Anderson balançou a rede e correu para o abraço. O árbitro Antonio Dib Moraes validou o gol. Ele era auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Francisco Nurisman Machado. Os três são do Piauí. Chateado, o técnico do Bahia, Guto Ferreira, fez críticas à arbitragem após a partida.   


“O volume de jogo nem sempre se converte em gol à medida que a equipe (Londrina) sabe se defender e conta com critérios de arbitragem duvidosos, com um gol impedido. Primeiro tempo, brincadeira. Juiz deu uma falta do Hernane na zaga. Era contato o tempo todo, bandeira longe do jogo. Não adianta. À medida que você vem para uma partida com uma arbitragem do Piauí numa partida de tanta importância como essa...”, afirmou Guto Ferreira. 


Apesar de criticar a arbitragem, Guto Ferreira também admitiu que o Bahia não fez um bom jogo. 



“Chegamos, mas não chegamos em situações claras de finalização. À medida que o jogo vai passando, você correndo atrás, a equipe vai perdendo um pouco de tranquilidade, a bola vai passando. Quando você sofre uma marcação tão forte, isso acontece. O Londrina, à medida que fez o gol primeiro se defendeu e depois jogou”. 


Além de apontar as falhas do próprio time, Guto Ferreira também elogiou o adversário.  


“Faltou furar a defesa do Londrina. Uma defesa que é consistente. Não é à toa que é a melhor da competição. Uma defesa que a gente interpreta de uma maneira, mas a arbitragem interpretou de outra. Não conseguimos furar”, disse o treinador tricolor. 


O Bahia volta a campo no domingo (09), às 19h30, contra o Tupi-MG, na Fonte Nova. Com 43 pontos, o tricolor é o 7º colocado na tabela da Série B. Já o Tupi-MG amarga a zona de rebaixamento, em 18º lugar, com apenas 26 pontos.  

Correio24horas