E. C. Bahia

Marcelo Sant’Ana se inscreve em chapa para o Conselho

Presidente tentará 'puxar' votos para o grupo Revolução Tricolor, de Pedro Henriques, e não para o Simplesmente Bahia, de Guilherme Bellintani

Herbem Gramacho, do Correio 24h (herbem.gramacho@redebahia.com.br)

Embora não vá concorrer à reeleição, o presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana, decidiu participar do pleito marcado para o dia 9 de dezembro, na Fonte Nova. Nesta sexta-feira (3), ele colocou seu nome na chapa da Revolução Tricolor para concorrer ao Conselho Deliberativo. O grupo é o mesmo do atual vice-presidente do clube, Pedro Henriques, que encabeça a chapa.

Foto: Divulgação / E.C Bahia

Com a decisão, Sant’Ana acaba com a expectativa em relação ao posicionamento dele na disputa. A base de apoio do presidente é composta pelos grupos Revolução Tricolor e Simplesmente Bahia, que entraram em consenso e inscreverão como candidato à presidência o secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo, Guilherme Bellintani, indicado pelo Simplesmente Bahia - a Revolução Tricolor apontou o vice da chapa, Vitor Ferraz, atual superintendente jurídico do clube.

A estratégia da dupla Sant’Ana e Henriques é fazer a Revolução Tricolor eleger mais conselheiros do que na eleição de 2014, quando o grupo preencheu 29 das 100 cadeiras disponíveis no Conselho. Sant’Ana, inclusive, está inscrito como o número 31, o que significa que ele só será conselheiro se o grupo conseguir 31 vagas desta vez. Henriques é o número 1.

A chapa da Revolução Tricolor é a terceira a se inscrever para concorrer às 100 vagas do Conselho Deliberativo do Bahia. As outras são a Nova Ordem Tricolor e a Independente Tricolor.

Entre os que pretendem disputar a presidência do Esquadrão, até o momento só o torcedor Flávio Alexandre, conhecido como Binha de São Caetano, registrou candidatura.

O prazo de inscrição encerra nesta sexta-feira (3). A confirmação oficial de todos os candidatos, no entanto, acontecerá na próxima quinta-feira (9), após averiguação dos documentos entregues à comissão eleitoral.