E. C. Bahia

Morre aos 72 o ex-zagueiro Sapatão, ídolo do Bahia

Ex-atleta foi capitão do time tricolor na conquista do heptacampeonato baiano, na década de 1970

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Bahia perdeu um de seus maiores ídolos nesta sexta-feira (5). Élcio Nogueira da Silva, o Sapatão, morreu aos 72 anos, em Salvador. Ele estava internado no Hospital da Bahia desde o dia 17 de maio.

Sapatão deu entrada na unidade com quadro de hipertensão. Ele foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Bahia e foi diagnosticado com covid-19, que foi supostamente contraída no hospital. O ex-zagueiro respirava com ajuda de aparelhos.

Foto: Reprodução

Foram 450 jogos com a camisa do Bahia, e 12 gols marcados. Sapatão foi um dos jogadores presentes em todos os sete títulos estaduais do tricolor entre 1973 e 1979, a maior sequência da história do campeonato baiano. Ele também jogou por Flamengo, Fluminense de Feira, Santa Cruz e Catuense. Ao pendurar as chuteiras, Sapatão também foi técnico.

Pouco depois da notícia, o Bahia se manifestou sobre a morte do capitão do heptacampeonato baiano.