Economia de Água

Dicas para não desperdiçar água na piscina neste verão

É preciso ficar atento não só as normas de seguranças das mesmas, mas também a precauções para evitar o desperdício de água

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
Verão pede para a gente se refrescar. A praia e a piscina se tornam ambientes convidativos e o consumo de água costuma ser mais intenso. Quando o assunto são piscinas, em condomínios ou em casas, é preciso ficar atento não só as normas de seguranças das mesmas, mas também a precauções para evitar o desperdício de água.

A primeira iniciativa fundamental é fazer uma impermeabilização adequada, para garantir que não haja vazamento na piscina e infiltração. Esse e outros cuidados são simples e o consumo de água gerado pela piscina pode chegar a ser insignificante.
Enquanto a piscina não estiver em uso, use uma capa para cobrir toda a superfície da água de forma que não haja tanta evaporação. Além da economia, a capa evita que as piscinas fiquem vulneráveis às sujeiras presentes nos espaços abertos.

Sabe aquelas fontes e quedas d’água que enfeitam e deixam o banho de piscina ainda mais prazeroso? Elas geram ainda mais consumo de água. Muitas vezes, os condomínios ou proprietários das casas esquecem de desliga-los a noite, quando a piscina não está sendo utilizada. A água em movimento evapora com mais facilidade, principalmente quando as temperaturas estão altas, por isso a necessidade de fechá-las.

O sistema de auto retrolavagem é mais um auxiliar na economia de água. Um filtro constantemente limpo, que garante a retrolavagem ou a filtragem de água, usando diversas vezes o mesmo volume hídrico, significa um ponto fundamental para que a piscina não represente um gasto muito elevado de água.

Aqueles famosos pulos e saltos na piscina também são vilões do desperdício. Em um condomínio, clube ou casa, é importante orientar as pessoas sobre essa prática. Além do desperdício, esses saltos também pode ser perigosos, já que alguém pode cair ou escorregar.

Por fim, é importante ficar atento a possíveis vazamentos. Somente uma impermeabilização feita de forma adequada é capaz de evitar na piscina que causam perda constante no volume de água. Para eliminar esse risco, faça inspeções constantes para avaliar se está tudo em ordem.