E. C. Vitória

Após encerrar jejum de gols, Neilton mira protagonismo no Leão

Atacante marcou o primeiro gol do Vitória no empate por 2x2 com a Juazeirense

Gabriel Rodrigues, do Correio 24 horas (gabriel.rodrigues@redebahia.com.br)

O primeiro gol do Vitória no empate em 2x2 com a Juazeirense, domingo, na abertura do Campeonato Baiano, foi o primeiro de Neilton em 2018 e encerrou um jejum de 94 dias do atacante sem balançar as redes. O último tento marcado pelo jogador havia sido na derrota para o Atlético-PR por 3x2, no dai 19 de outubro do ano passado, pela 29ª rodada do Brasileirão.

Neilton comemorou a manutenção da base que terminou 2017 no Leão (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

Aliviado pelo fim da sequência estéril, Neilton reconhece que não vinha apresentando bom futebol, mas afirma que agora quer recuperar o protagonismo com o uniforme rubro-negro.

“Eu vinha me cobrando muito. A partir desse jogo (Atlético-PR) eu tive uma queda de rendimento, reconheci isso e procurei trabalhar, me focar, dedicar ao máximo para voltar a atuar bem. Agora é uma nova temporada, espero fazer um excelente ano e ajudar a equipe da melhor maneira possível. Não só marcando gols, mas dando assistências, ajudando na marcação”, explica o camisa 10, que recebeu elogios de Mancini após a estreia no estadual.

Contratado durante o Brasileirão do ano passado, Neilton chegou à Toca do Leão sob muita expectativa após ter os direitos adquiridos do Cruzeiro. Foram 30 jogos com a camisa do Vitória em 2017 e sete gols anotados.

Aos 23 anos, o atacante que já foi apontado como substituto de Neymar no Santos acredita que ter feito toda a pré-temporada no time baiano pode ser fundamental para alcançar o sucesso.

“Quando eu cheguei aqui fiz boas partidas, isso não pode ser apagado. Fiz sete gols no Brasileiro, dei seis assistências. Estou procurando ajudar da melhor maneira possível. Claro que vou trabalhar, lutar, para que este ano seja melhor que o outro. Agora estou começando a temporada no Vitória e vou me focar e me dedicar ao máximo”.

Base mantida

Para conseguir elevar o nível das atuações, Neilton comemora também a manutenção da base que terminou o ano passado no Leão e o bom entrosamento com os companheiros de ataque Kieza e Santiago Tréllez.

Segundo o atacante, a busca agora é pela melhor forma física e ritmo de jogo, que deve ser alcançado no decorrer das partidas. “A gente já se conhece bem e acho que esta temporada vai ser diferente. Eu sei o jeito que Tréllez joga, ele sabe o jeito que eu jogo, o jeito do Kieza, isso é importante. Se você olhar o futebol lá fora, as equipes sempre mantêm a base e fazem contratações pontuais. Isso tem que ser feito aqui no Brasil também. Acho que o Vitória fez o certo mantendo a base e trazendo contratações pontuais para nos ajudar durante o ano”, analisa.

O próximo compromisso do Vitória será nesta quarta (24), quando encara o Vitória da Conquista, às 20h45, no estádio Lomanto Júnior, em Conquista, pela segunda rodada do Campeonato Baiano. Sem novos desfalques, Vagner Mancini poderá repetir a escalação da estreia, se quiser.