Empregos

Coluna da ABRH: Liderar é realizar com e através de pessoas

Melina Maciel (melina.jornalista@gmail.com)
- Atualizada em

Um dos temas mais discutidos e estudados dentro da área de recursos humanos é também um dos maiores desafios dentro das organizações: a liderança. A habilidade de influenciar e motivar seus liderados, com ética e respeito é um atributo extremamente necessário nas empresas que buscam objetivos claros e definidos para alcançar bons resultados. Ser líder é mais do que gerenciar pessoas. É tratar de forma justa e igual os seus funcionários, inspirar confiança e credibilidade em sua equipe e influenciar o comportamento e as ações de um indivíduo ou de um grupo para a consecução de um objetivo numa determinada situação.


De acordo com o Diretor de Ações Estratégicas da Associação Brasileira de Recursos Humanos – Seccional Bahia e consultor empresarial, Remullo de Almeida e Farias*, um líder não deve ser considerado como alguém possuidor de características únicas, capaz de fazer acontecer em quaisquer condições e situações, com um único estilo, bem definido, rígido e peculiar. O líder é aquele que, conhecendo e entendendo o ser humano, reconhecendo as diferenças e competências de cada um e entendendo suas razões comportamentais, admite e consegue variar seu estilo em função das características de cada liderado e das circunstâncias de cada momento.


Líderes despreparados não conseguem ou têm dificuldades para orientar e conduzir ou acompanhar seus liderados e, quando muito, acabam se transformando em meros gestores. Por isso, a importância de o líder ser alguém competente e capaz de entender, inspirar, motivar e ensinar os demais, levando a empresa ao futuro desejado. Entretanto, o fato é que em muitas organizações a atividade de liderar acontece, quase sempre, como uma circunstância hierárquica, sem que os líderes possuam as características necessárias.


“A falta da liderança pode comprometer os resultados de uma empresa, a partir do momento que o líder é simplesmente uma pessoa que ocupa um cargo de chefia e não aquela que detem as competências necessária para orientar e conduzir o grupo no desenvolvimento de determinadas atividades específicas”, afirmou Remullo. O futuro das instituições dependerá, em boa parte, da potencialização daqueles os que a compõem. É preciso que cada um saiba o seu papel e esteja instrumentalizado para exercê-lo com eficácia, concluiu.


Fórum Dirigentes de RH reunirá líderes
Pela segunda vez no Estado, empresários, executivos, diretores e gerentes se reunirão para participar do Fórum Dirigentes de RH, evento promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos – Seccional Bahia, no dia 29 de setembro, a partir das 14 horas, no Auditório da FIEB. “O encontro de líderes baianos tem o objetivo de trocar conhecimentos e experiências sobre a gestão de pessoas e ampliação de networking”, informou a presidente da ABRH-BA, Ana Claudia Athayde. O evento é direcionado para gestores de organizações e para participar do evento entre em contato com a ABRH-BA através do telefone 71-3341-0877 ou eventos@abrhba.com.br.  


*Remullo de Almeida e Farias é diretor da CORPS3 – Consultoria Organizacional e de RH Ltda.