TV

'BBB 19' começa nesta terça-feira com 'espiadinhas' a todo vapor

Antes mesmo de o programa estrear, fãs já levantaram a 'ficha' dos brothers nas redes sociais

Agência O Globo
- Atualizada em

O Big Brother Brasil começa sua 19ª edição nesta terça-feira (15) na TV Globo, após a novela “O sétimo guardião”. Para boa parte do público, porém, o mais tradicional reality show da TV brasileira já está acontecendo. Desde que os participantes foram anunciados, na semana passada, o assunto ferve nas redes sociais.

Foto: Divulgação

A maior prova é que, neste ano, o programa já se inicia com um “brother” eliminado. O gaúcho Fábio Elano tinha tudo para entrar na extensa galeria de louros ratos de academia da casa, mas queimou a largada e foi desclassificado. O atleta e campeão mundial de jiu-jitsu foi cortado por ter um contrato vigente com o patrocinador. Em vídeo publicado no Twitter na segunda-feira, Fábio disse que não informou a Globo sobre o patrocínio porque foi "muita intensidade" desde a sua seleção.

"Realmente, eu tinha um contrato vigente que acabei não informei a emissora porque foi tudo em cima da hora, foi muita intensidade, muita informação chegando. (...) Não vou mentir para vocês que fiquei decepcionado porque realmente achava que podia chegar nas finais"

O começo conturbado da nova temporada não vai impedir a estreia de ser menos movimentada. Diretor de núcleo dos realities da Globo, Boninho já anunciou “uma bomba” para os participantes logo no primeiro dia de confinamento.

Enquanto isso, as vidas dos agora 17 selecionados desta edição é vasculhada nas redes sociais. Ávidos por descobrir curiosidades e “podres” dos participantes, um exército de fãs tem levantado informações na web. Em tempos de polarização, uma das maiores questões é em quem cada um dos participantes votou na última eleição presidencial.


Assim, descobriram que a engenheira agrônoma Elana, do Piauí, segue um perfil ligado ao presidente Jair Bolsonaro no Instagram, enquanto a dona de brechó Carolina já posou cercada de amigos, todos vestindo a mesma camiseta da ex-presidente Dilma Rousseff. Não deixa de ser um tipo de bisbilhotagem um tanto quanto irônica para um programa que já foi acusado de “alienar as massas” da vida política. 

O engajamento da ativista pró-veganismo Hana Khalil também promete dividir o público. Seguida por personalidades como Thaila Ayala e João Vicente de Castro na web, a youtuber já sofreu ataques nas redes após se posicionar a favor da legalização do aborto.

— Discussões como esta aconteciam com frequência. Mas, quando ela quer, entra na parada e vai forte. Muita gente também vai em cima, os "haters" adoram. Aqui fora, todo mundo sempre perguntava para ela como ela fazia para lidar com os "haters” — revelou a mãe de Hana, a administradora Claudia André.

Em uma questão mais grave, denúncias de assédio e agressão já cercam o biólogo acreano Vanderson, de 35 anos. Em uma delas, uma ex-namorada diz ter sido agredida ao fim do relacionamento. Em nota, a TV Globo afirma que “é veementemente contra qualquer tipo de violência, mas cabe às autoridades competentes a apuração de denúncias como a que está sendo feita. Se assim for, a Globo tomará medidas, como já fez em outras edições do programa”.

Enquanto isso, já despontam campeões de simpatia entre o público. Um deles é o carioca Danrley Ferreira, de 19 anos. Morador da Rocinha, o jovem passou em primeiro lugar no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para o concorrido curso de Física na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), uma das melhores do Brasil, e estudou com notebook e livros emprestados por professores. Dentro da faculdade, ele alterou a graduação para Ciências Biológicas.

— Danrley, depois que começou se dedicar aos estudos, tirou notas ótimas. Nunca foi de arrumar confusão e eu nunca precisei ir à escola por causa de briga — relata Maria de Lourdes, mãe do rapaz.

Outro carioca no páreo é Rodrigo França, de 40. Nascido na Penha, se divide entre inúmeras atividades: é dramaturgo, ator, sócio de um food truck, professor e psicopedagogo. Com dislexia, um distúrbio de aprendizagem, dedicou-se ainda mais aos estudos.

— Ele foi o primeiro a trazer o diploma para casa. Investiu na educação, primeiro, para se entender e, hoje, é uma forma também para ajudar os outros — orgulha-se o irmão, Fábio França, que diz que Rodrigo até ensinou a avó a ler.

Além da transmissão na TV Globo, o BBB pode ser acompanhado por 24h ao vivo pelo Globoplay. Assinantes de TV a cabo também podem optar por pacotes pay-per-view. A Sky oferece este ano a opção de adquirir recargas pré-pagas para ter acesso ao pay-per-view por tempo limitado. No Multishow, haverá transmissões de flashes ao vivo logo após a exibição de cada programa na Globo. Além disso, a apresentadora Titi Müller retorna às quartas-feiras, às 22h30, com o programa “BBB - A Eliminação”, que exibe entrevistas com o eliminado da semana, além de um resumo dos últimos acontecimentos.  Na semana da estreia, o programa apresenta o perfil dos participantes da 19ª edição.