Música

'FLIPELÔ': Maria Bethânia abre programação cultural

Evento receberá debate 'A Rua É Noiz – Poesia e Protesto' com Emicida e mediação de Larissa Luz

Redação iBahia (agenda@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A 'FLIPELÔ' vai ocupar museus, teatros, cinema, praças e espaços dos mais diversos do Centro Histórico. A ideia é extrapolar o espaço da Casa e realizar, no Pelourinho, uma verdadeira ocupação cultural de um dos bairros mais criativos, conhecidos e charmosos da capital soteropolitana. A cultura é um importante aliada para o fortalecimento e projeção do centro histórico.


Maria Bethânia na abertura
Já vem de longe o apreço de Maria Bethânia pelas palavras, mais precisamente pela poesia. O que o público vai conferir na Igreja de São Francisco será uma apresentação especialmente idealizada para o evento. Com a colaboração de Hermano Vianna e Elias Andreatto, Bethânia vai mesclar leitura e música, com canções pouco usuais em seu repertório, será acompanhada do violonista Paulinho Dafilin e do percussionista Carlos Cesar.

A poesia povoará toda programação da 'FLIPELÔ' e no espaço Café Tetro Zélia Gattai, através dos encontros “A voz é dita”, nos dias 10, 11 e 12, sempre às 18h, acontecerão declamações de poemas. Ao todo 12 poetas participarão.

No encontro 'A Rua É Noiz – Poesia e Protesto', haverá um diálogo entre o rapper Emicida e João Jorge, presidente do bloco afro Olodum (BA), com mediação de Larissa Luz, no dia 10 de agosto, às 20h.

A 'FLIPELÔ' receberá a jornalista portuguesa, Alexandra Lucas Coelho, autora do livro Vai, Brasil, de crônicas de viagem pelo país que fará conferência no dia 10 de agosto, às 18h30, na Arena SESC Senac Pelourinho.

No sábado, dia 12 de agosto, na Arena do SESC-Pelourinho, o escritor Henrique Rodrigues recebe o acadêmico Antônio Torres. Claufe Rodrigues e Mônica Montone se apresentam na mesa 'A música e a Bahia na poesia de Jorge de Lima', com mediação de José Inácio Viera de Melo.

Integra também a programação um diálogo entre o professor Pasquale Neto e o Professor Jorge Portugal, que acontecerá no Museu Eugênio Teixeira Leal, no dia 11 de agosto, sexta feira, às 16 horas.

Confira a programação completa no site.