Música

Repórter do iBahia dá impressões sobre show de Sandy e Junior

Dupla se apresentou na Arena Fonte Nova no último sábado (13) e contou com 30 mil fãs na capital baiana

Priscila Morais* (priscila.morais@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Parecia que ia chegar dezembro, mas não ia chegar o dia 13 de julho de 2019. Para muitos parecia bobagem, mas só quem é fã de verdade entende tudo isso. Após 12 anos separados, o tão esperado show de Sandy e Junior retornou com a turnê 'Nossa História'. Lembro como se fosse ontem: estava aqui na Redação quando fiquei sabendo que eles iriam voltar e rodar o Brasil para fazer estas apresentações. Meu coração parecia que ia sair do peito. 

Foto: Reprodução | Instagram
Era mais ou menos 13h quando comecei a me arrumar para ir ao melhor show da minha vida. Eu e minhas amigas estávamos eufóricas e, quando chegamos na Arena Fonte Nova, às 16h, a fila estava quilométrica. Tristeza? Óbvio que não! A cada minuto que passava, o coração acelerava. Faixa, camisa, balões, comprei tudo que tinha direito.
Foto: Carla Caroline | Divulgação

Abertura dos portões

Às 17h30 a produção do evento abriu os portões e começou a correria. O meu pensamento era: preciso ficar na frente, preciso ficar na frente. E não é que eu consegui? Fiquei tão perto do palco, que nem eu estava acreditando naquilo. Como o show estava marcado para começar 20h30, e ainda faltavam três horas para o grande momento, o que restava fazer? Sentar no chão e esperar, né? 

Foto: Lucélia Rios | Divulgação
Quem foi, sabe do que eu estou falando. Ninguém passava, ninguém saia. Se levantasse para ir ao banheiro ou comprar bebida e comida, não voltava mais para o local que estava. Os fãs não deixavam passar. Gente, é sério, eu nunca vi o relógio andar tão devagar (risos). Ansiedade é coisa séria, né? 

Atraso
Quando deu 20h30, comecei a gritar loucamente, mas não começou neste horário. Alguns vídeos de Sandy e Junior começaram a passar no telão, o que me deixava ainda mais eufórica. E, do nada, uma contagem regressiva começava: 30 minutos. Ah, gente! O que são 30 minutos perto de 20 anos de espera, hein? (risos). 

O SHOW
Finalmente, às 21h15, Sandy e Junior subiram no palco e superaram minhas expectativas. Eu e minhas amigas só fazíamos gritar. Nostalgia, emoção e muita felicidade era o que se passava nos meus pensamentos. 

Pulei, cantei, vibrei e chorei do início ao fim. As músicas, as coreografias, o carisma deles, foi tudo tão lindo, que jamais irei esquecer. Quem diria, meu Deus? Sandy e Junior foi o primeiro show da minha vida, quando eu tinha apenas oito anos de idade e, agora, com 28, pude relembrar e reviver a melhor fase de todas: a minha infância. 
Foto: Reprodução | Instagram
A produção estava impecável. Não vi uma pessoa falar que não gostou do show ou algo do tipo. Sandy e Junior conseguiram reunir os principais sucessos da carreira em duas horas de show. Ok, senti falta de 'Maria Chiquinha' e 'Era Uma Vez' no repertório, mas foi tudo tão lindo, que eu não tenho nem como falar mal por conta disso. 

Na minha opinião, as partes mais emocionantes foi quando passou a série global Sandy e Junior no telão. Um grupo de WhatsApp foi criado pelos 'personagens' do programa e, logo em seguida, a dupla entrou cantando 'Eu Acho Que Pirei', o hit que era abertura da trama. Nossa! Que nostalgia, viu? Ah... o que falar de 'Quando Você Passa', meu povo? Ou melhor: 'Turu 'Turu'? (risos). Foi lindo! Esse show, com toda certeza, foi único na minha vida e, se pudesse, voltaria no tempo e reviveria tudo de novo, um milhão de vezes. 
Foto: Reprodução | Instagram