Teatro

Salvador recebe peças de sete países latinos

Pela primeira vez no Brasil, o evento conta com participantes de Argentina, Brasil, Costa Rica, Colômbia, Equador, México e Peru

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Começa hoje  e vai até 8 de março o II Festival Itinerante de Teatro Latinoamericano Âmbar, o Fitlâ. Artistas de países latinos chegam a Salvador para apresentar 16 espetáculos, além de performances urbanas, exibição de vídeos e mesas-redondas de discussão sobre a cena da produção teatral latino-americana, crítica teatral, oficinas formativas e exposição artística.

Montagem porto-riquenha Malanoche é uma das atrações do evento (Foto: Divulgação)

O projeto é realizado pelo Coletivo Âmbar com apoio do Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-Americanas (Iberescena) e acontece em diversos espaços da cidade: Teatro Martim Gonçalves, Espaço Cultural da Barroquinha, Sesc/Senac Pelourinho, Centro Cultural Plataforma, Espaço Xisto Bahia, Cantina da Lua, entre outros.


Pela primeira vez no Brasil, o evento conta com participantes de Argentina, Brasil, Costa Rica, Colômbia, Equador, México e Peru. O público também pode conferir as exposições Âmbar na Estrada: Cinco Años de Cartografía Escénica por Latinoamerica, de fotografia, e Mãe América, de artesanato.


Entre as peças estão a mexicana Trocitos de Papel, a argentina El Colibrí: Travessia em Mi Maior, a porto-riquenha Malanoche, a costa-riquenha Diego, a equatoriana Fronteiras e as baianas Butô de Bêbado Não Tem Dono, Ofélia Blue – Aprendendo a Nadar e Nhô Guimarães.


Também da Bahia, as montagens Exu, A Boca do Universo, O Nariz do Poeta, O Que de Você Ficou em Mim e Lua Cheia serão apresentadas como convidados especiais. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5. 

Correio24horas