Esportes

Choro do neto de Zé Roberto após derrota do vôlei comove as redes

Felipe, de seis anos, não conseguia conter as lágrimas enquanto via Brasil perder para a China

Agência O Globo
- Atualizada em

Dentre todo o público incrédulo e triste no Maracanãzinho após a derrota do Brasil para a China no vôlei feminino, um torcedor em especial chamou a atenção. Chorando copiosamente, o pequeno Felipe, de 6 anos, neto do técnico José Roberto Guimarães, comoveu as redes sociais e virou uma espécie de retratato da decepção dos torcedores no geral com uma eliminação prematura da seleção nos Jogos Olímpicos.


Nos pontos finais do tie-break, o menino chorava sem parar. A imagem do sofrimento dele não demorou a viralizar, tendo aparecido no telão do ginásio e na transmissão oficial, comovendo tanto o público das arquibancadas quanto quem assistia a partida em casa.


Com a bandeira do Brasil colada ao rosto, como um lenço para secar os prantos, Felipe era consolado pela mãe e logo que a partida acabou recebeu colo do avô e da ponteira Jaqueline - outra que não conseguia conter as lágrimas.


Nas redes, os usuários destacaram a lição que Felipe aprendia sobre a derrota e de como era triste vê-lo chorar: