Futebol

Com leucemia, capitão do Aston Vila pendura as chuteiras: 'luto pela vida'

Búlgaro Stiliyan Petrov tem 32 anos e foi diagnosticado na última sexta-feira: "lutarei até o fim"

Globoesporte.com (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Petrov soma mais de 100 partidas pelo inglês Aston Vila

Stiliyan Petrov, de 32 anos, era o capitão do Aston Villa até ser diagnosticado com leucemia na última sexta-feira. Em entrevista publicada pelo jornal búlgaro "Sport" neste sábado, ele anunciou sua aposentadoria do futebol. A partir de agora, o meio-campista búlgaro batalhará exclusivamente contra a doença."O futebol acabou, isto é o fim. Agora estou começando a lutar pela minha vida e lutarei até o fim", disse. Petrov explicou que sentiu uma dor de cabeça estranha durante o primeiro tempo no jogo contra o Arsenal, no último fim de semana, que acabou com derrota por 3 a 0. O médico do clube, inclusive, havia sugerido para que ele fosse substituído."Perdi força no começo da etapa final e isso era raro para mim. Assim é a vida, há uma semana tomava café em Londres e agora estamos falando de coisas como esta. Vou lutar, está claro, e também gostaria de agradecer a todos pelo apoio", afirmou, em referência também às homenagens que seriam recebidas na partida do Aston Villa contra o Chelsea, neste sábado, pelo Campeonato Inglês.Petrov já atuou na seleção da Bulgária em 105 oportunidades e também soma mais de 100 partidas pelo Aston Villa. O diagnóstico foi dado por meio de um exame de sangue e imediatamente depois do resultado o jogador já agendou o início das sessões de tratamento, que começam neste fim de semana.