Mais Esportes

Mascote feliz encalha e CBF lança Canarinho Pistola de pelúcia por R$ 99

Versão 'brava' do personagem tem 40cm de altura e pode ser comprada online

Agência O Globo

A CBF inicia nesta sexta-feira a venda física do Canarinho Pistola de pelúcia, a mascote oficial da seleção brasileira. O boneco em miniatura, que custará R$ 99, ganhou a versão "brava" depois que a representação em tamanho natural virou febre nas redes sociais, com direito a "protestos" contra a faceta sorridente da mascote.

A CBF chegou a lançar um boneco de pelúcia, mas sem copiar a mascote original. Não emplacou. Agora, com o lançamento da versão reformulada, a entidade dá um passo para explorar o sucesso recente do personagem. E mais produtos estão a caminho, segundo o diretor de marketing, Gilberto Ratto.


— Com o Canarinho Pistola fizemos essa adaptação. Os produtos estão chegando às lojas neste mês. Vamos ter camiseta, caneca, pelúcia... Agora é uma colocação no mercado. Não dá para prever o timing para lançar um negócio desse. Lançamos o Canarinho de 2015 para 2016 e ele foi ganhando corpo. Temos que fazer esse lançamento quando o produto está pronto, mesmo que seja tão perto da Copa — explicou Ratto.

Como é o início do processo comercial do boneco, ainda não há uma meta de vendas e ou percentual de arrecadação previsto para 2018. — Não espero faturar nada com o Canarinho este ano. A partir do segundo ano, já é outra história — completou o diretor de marketing.

A loja da CBF, que fica na saída do museu da entidade, na Barra da Tijuca, terá exemplares, vendidos a R$ 99. Quem quiser, pode optar pela compra online no site www.meucanarinho.com.br. O Canarinho de pelúcia tem 40 cm de altura, 19cm de largura e 25cm de comprimento, pesando 250 gramas.