Fitness

Dicas de exercícios: como se livrar da 'gordurinha do sutiã'

De acordo com especialistas, dobrinhas podem ser associadas à predisposição genética, fatores hormonais, falta de exercício físico, rotina alimentar e má postura

Lívia Oliveira* (livia.oliveira@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Está cansada de tentar esconder a famosa "gordurinha do sutiã"? O segredo para eliminar de vez o excesso de gordura na região das costas, que fica evidenciada acima ou abaixo do sutiã, é a combinação de exercícios de musculação e aeróbicos, alimentação equilibrada e controle das taxas hormonais.

As dobrinhas que ficam mais evidente quando as mulheres optam por roupas mais coladas ao corpo podem ser causadas por diversos fatores.  “Predisposição genética, fatores hormonais, falta de exercício físico, rotina alimentar e má postura”, explicou Caio Frederico, o personal trainer da Smart Fit. 

Foto: reprodução

O especialista garante que a eliminação da "gordurinha do sutiã" depende da diminuição do percentual de gordura do corpo. Para te ajudar a acabar com o problema, Caio Frederico listou sete exercícios que você pode começar a fazer hoje mesmo. Confira: 

1. Flexão de braços:  em posição de quatro apoios, com joelhos apoiados no chão e braços estendidos ao lado do peitoral, faça o movimento de descer e subir o corpo, com o cotovelo formando um ângulo de 90 graus. 
*Você pode fazer em casa ou na academia

2. Supino reto: mantenha os pés fixos na superfície e os joelhos arqueadores em um ângulo de 90 graus de modo que as costas e a lombar fiquem bem firmes. Deixe as mãos alinhadas, um pouco acima da linha dos ombros, e os cotovelos levemente estendidos, levante o peso e abaixe na direção do peito. 

*Você pode fazer em casa ou na academia. Nesse caso, o peso pode ser dois quilos de alimento não perecível.

3. Voador peitoral: segure os pegadores verticais do aparelho, com os seus cotovelos ligeiramente dobrados e tracione simultaneamente os pegadores até que se toquem à frente do seu tórax. Lembre-se de colocar a altura do banco de modo que você fique com os braços na linha de seus ombros e os cotovelos flexionados. Além disso, deixe suas mãos voltarem a posição de início com os cotovelos elevados. 

4. Remada com elástico funcional: amarre o elástico em uma base na direção do peitoral, segure com as duas mãos e puxe até o peitoral alongando o braço todo na volta do movimento. 

5. Puxador (para frente ou fechado): pegue na barra com o dorso das mãos para frente e com o espaçamento entre 15 e 30 cm, puxe a barra para baixo até a parte superior do peito e estenda os braços novamente para posição inicial. Lembre-se que você deve estar sentado com o corpo levemente inclinado. 

6. Remada curvada unilateral: deitada de barriga para baixo com um pé no chão e a outra perna apoiada pelo joelho em uma base, você segura o peso alinhado na direção do ombro e sobe o cotovelo até a região da escapular (dois ossos que compõem o ombro e estabelecem a ligação entre os membros superiores o troco) e volta a posição inicial. 

7.  Funcional: exercícios funcionais, de puxar ou empurrar, também trabalham a região das dobrinhas indesejadas. 
“A quantidade de séries e repetições para cada exercício desse vai variar conforme as necessidades de cada indivíduo, mas também precisa obedecer a relação de volume e intensidade (percentual de cargas, intervalos de repouso e velocidade de execução dos movimentos). No mínimo, é aconselhável três séries de 12 ou 15 repetições”, alertou Caio. 

Alerta para as promessas de solução milagrosa
O personal trainer garantiu que é preciso ter cuidado com o uso de medicamentos redutores de medidas. “Não existe nenhuma comprovação científica da eficácia dos géis ou shakes redutores de medidas. O ideal é ter uma boa dieta alimentar e praticar atividade física com acompanhamento de profissionais”.


*Sob a supervisão da repórter Naiá Braga