Futebol S/A

Torcida nos estádios: retorno de público no Reino Unido pode ocorrer em dezembro

Limite de 4 mil espectadores ou 50% da capacidade dos estádios ingleses

Flankel Lima
- Atualizada em

Dependendo das medidas implementadas pelos organizadores e das camadas regionais definidas para serem anunciadas nesta quinta-feira (26), torcedores podem retornar aos jogos de futebol da primeira divisão da Premier League e da divisão inferior da English Football League (EFL) pela primeira vez desde março.

"Esporte para espectadores e eventos de negócios serão livres para retomar dentro e fora com limites de capacidade e distanciamento social, proporcionando mais consistência com apresentações em ambientes fechados em teatros e salas de concerto". Declarou o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson.

Boris Johnson não confirmou os limites de capacidade ou porcentagens, mas o secretário de cultura do Reino Unido Oliver Dowden posteriormente escreveu em um tweet que 4 mil espectadores ou limites de capacidade de 50 por cento - o que for mais baixo - estariam em vigor no nível um, caindo para 2 mil ou 50 por cento para locais internos, enquanto no nível dois será 2 mil ao ar livre e mil dentro de casa, ou 50 por cento da capacidade.

Os espectadores deveriam voltar aos estádios a partir de 1º de outubro, mas o governo britânico fez uma pausa nessa decisão devido ao aumento das infecções em todo o país.

Desde março, momento em que a pandemia começou a estourar a Europa e os eventos esportivos ingleses foram suspensos, os jogos estão sendo realizados de portões fechados, sem nenhum torcedor nas arquibancadas, mesmo depois da volta das atividades, já em junho. Mas agora, com a diminuição no número de casos, o cenário deve mudar.