Moda e Beleza

Nova moda: homens investem em sapato de salto

Kanye West, Bruno Mars, Harry Styles, Jaden Smith e Marco Rubio são alguns dos adeptos

Fernada Baldioti, da Agência O Globo
- Atualizada em

Não chega a ser um stiletto, mas o salto alto, pouco a pouco, vem retomando seu lugar no guarda-roupa masculino. Pelo menos no closet de músicos como Kanye West, Justin Bieber, Bruno Mars e Harry Styles, atores como Jaden Smith, e até de políticos como o senador americano Marco Rubio, esse tipo de sapato já tem espaço cativo.

Foto: Reprodução

É claro que, cada vez que um deles usa um calçado com centímetros a mais, logo surge uma onda de comentários na internet. Com Marco Rubio, a repercussão foi tão grande que o caso acabou sendo chamado de “Bootgate” pelo “New York Times”. Isso porque bastou o então pré-candidato republicano à presidência aparecer com botas de salto da marca Florsheim, no início do ano passado, para ser alvo de deboches e provocações de seus adversários. O diretor de comunicação da campanha de Ted Cruz, Rick Tyler, por exemplo, escreveu no Twitter: “Um voto em Marco Rubio é um voto em botas masculinas de salto alto”. Já o senador Rand Paul fez piada em um vídeo gravado no camarim de Whoopi Goldberg. Diante dos sapatos extravagantes da apresentadora, ele ironizou: “Rubio tem aquelas botas novas bonitas e eu não quero ficar para trás”.

O fato é que é preciso muita atitude para um homem surgir de salto. Mesmo que sejam botas que lembram o estilo country. O rapper e estilista Kanye West, que esbanja extravagância ao lado da mulher, a socialite Kim Kardashian, foi além, circulando com um modelo de veludo mais semelhante aos calçados femininos. Em outras ocasiões, ele já optou por altas botinas de camurça.

Mas antes que os machistas de plantão digam que isso é coisa de mulher, vale lembrar que os primeiros indícios de uso do salto alto remontam a cavaleiros persas, que, durante o século XVI, teriam desenvolvido o solado para manter o pé no estribo com mais facilidade. Fora que Luís XIV acrescia 10 centímetros aos seus 1,63m com eles, chegando ao ponto de implementar uma lei que restringia o uso de solados pintados na cor vermelha a membros de sua corte. Imaginem se ele conhecesse Christian Louboutin...

Foi só no século XVIII que os homens deixaram de usar salto. Ele ressurgiu séculos mais tarde, na era do glam rock de David Bowie, Rick James e Prince. E agora ensaia um retorno justamente entre ícones do pop. Harry Styles tem vários, de botas caubói a mocassins Gucci. Justin Bieber também já apareceu com botas pretas de salto. E Bruno Mars, com seus 1,65m, não quis parecer tão baixinho ao lado das modelos com quem dividiu a passarela no último desfile da Victoria’s Secret. Na ocasião, ele calçou um Louboutin que lhe conferiu quase oito centímetros a mais.
Alguns modelos de sapatos com salto masculinos (Foto: Reprodução)

No Brasil, os saltos altos eram hit na época da Jovem Guarda e nos anos 1970, lembra o especialista em moda masculina Lula Rodrigues:

- O cavalo de aço era sensação, principalmente nos subúrbios, com a calça pantalona. Acho difícil isso voltar com tamanha força, sobretudo pela praticidade. Salto maior pede equilíbrio. E com as nossas calçadas...

Sem ter que se preocupar com isso, marcas internacionais investem na tendência, entre elas a própria Christian Louboutin, cujo inverno 2017 fala de uma silhueta mais “moderna e elevada”. Sexy, talvez? Não para Luis Fiod, stylist e diretor-criativo da Torinno:

— Homens têm a estrutura mais quadrada. Eles passam uma imagem mais sexy sendo mais relax, usando alpargatas.

Pelo menos por enquanto, o stiletto deve ficar mesmo só na ousadia de grifes como Hood By Air e Maison the Faux e nos pés femininos, claro.