Mundo

Homem põe fogo no próprio mercado para 'acabar com o coronavírus'

Ele disse que fumou oito cachimbos de maconha antes de cometer ato

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um dono de supermercado perdeu o controle e resolveu atear fogo no próprio supermercado. Edward Mason, de 57 anos, disse que fez isso para "acabar com o novo coronavírus e proteger os clientes". Ele vive em Bruce Rock, Austrália, e foi preso.

Segundo informações da ABC News, o homem ficou "obcecado" com as manifestações dos clientes em relação aos cuidados com higiene no estabelecimento. Mason teria percebido também que a compra de álcool em gel aumentou no local. 

Ele foi condenado a um ano e quatro meses de prisão, mas teve a sentença suspensa por não ter antecedentes criminais e estar abalado com a pandemia, segundo a ABC News. Ele ainda teria fumado oito cachimbos de maconha antes de atear fogo na loja. O prejuízo de Mason chegou a R$ 3,8 milhões.