Nem Te Conto

Alok doa cachê que ganhou no Carnaval para o Projeto Axé; assista

DJ ainda aprendeu a jogar capoeira com alunos beneficiados pelo projeto

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O DJ Alok aproveitou que esteve por Salvador para o show no Som e Sunset, no último fim de semana, para conhecer de perto o Projeto Axé e doar todo o cachê que ganhou para puxar o trio sem cordas durante o Carnaval deste ano, no Circuito da Barra/Ondina.


Alok esteve na sede do projeto, no Pelourinho, e ainda aprendeu a jogar capoeira com alunos que são ajudados pela ONG. "Eu não imaginava quão grande fossem as ações e a quantidade de crianças e adolescentes beneficiados. Na verdade, eu sabia sobre a história, e isso já foi o suficiente para me despertar e contribuir de alguma forma. Saber que podemos luminar o caminho dessas crianças me deixa muito feliz e é esse o maior propósito da minha jornada”, afirmou ele.


Nas redes sociais, o DJ compartilhou um vídeo do encontro que teve com as crianças e adolescentes do Projeto Axé. "Compartilhando muito axé! Valeu", escreveu. Assista:

Compartilhando muito Axé! Valeu Projeto Axé! ❤️ @lojaaxedesign

Uma publicação compartilhada por Alok (@alok) em

Sobre o Axé

Com 27 anos de história, o projeto é atualmente uma das únicas ONGs que trabalha com crianças e adolescentes em situação de rua. Até hoje, cerca de 28 mil jovens foram atendidos por educadores nas mais diversas áreas, como formação em arte visual, música (instrumento e canto) e dança com capoeira. 

O projeto depende de doações e a contribuição pode ser feita diretamente pelo telefone (71) 3324-6753. Vale ressaltar ainda que, o Projeto Axé, em ato de solidariedade, ajudou uma segunda instituição da região que necessitava de apoio. Esse gesto de compartilhar emocionou a todos os beneficiados.