Nem Te Conto

Reynaldo Gianecchini nega boato de que quer ter um filho

Ator falou também sobre a repercussão do seu personagem, Régis, em 'A Dona do Pedaço'

Isabella Cardoso, da Agência O Globo
- Atualizada em

Nos próximos capítulos de “A dona do pedaço”, Régis (Reynaldo Gianecchini) vai assumir seu filho cadeirante Arthur (Bernardo Dantas Ribas) e até apresentá-lo para Maria da Paz (Juliana Paes). Na vida real, porém, o ator, de 46 anos, não tem planos de ter filhos no momento e desmentiu os boatos, que rolaram há um tempo, de que teria contratado uma barriga de aluguel para ser pai.

– Vira e mexe as pessoas insistem nessa tecla. É 100% fake news, não existe nada de verdade. Falaram até o nome da mãe. A menina entrou em contato com a minha assessoria pensando que eu que tinha plantado a nota e eu achei que era ela. Ela ficou muito chateada porque é casada – lembra ele.

Foto: Reprodução/Instagram

Embora para o ator um filho não seja esperado, a sua família de animais tende a aumentar. Gianecchini já tem dois cachorros e pensa em ter mais: – Esse negócio de cachorro é uma cachaça. Eu já estou querendo ter o terceiro. Aí quando eles começam a mijar demais no sofá e no tapete, eu falo: “não, vamos parar por aqui” – ele conta, rindo. – Uma delas já está aprendendo (a fazer xixi no lugar certo), aí eu começo a pensar “humm, acho que vou pegar mais um”.

E, segundo ele, é provável que o próximo cãozinho seja um vira-lata adotado: – Todo mundo me fala “ah, por que você não adota?" Eu quero adotar também, eu adoro vira-lata. Eu sempre tive cachorro vira-lata. Provavelmente o próximo eu vou adotar. Mas aí quando a gente tem que ver...

Na novela, assumir a paternidade do filho é uma das atitudes que mostram uma virada de seu personagem, que vem trilhando o caminho da redenção. Quem Maria da Paz vai escolher entre Régis e Amadeu (Marcos Palmeira) ainda é grande dúvida, a critério do autor Walcyr Carrasco escolher. Como ator, Gianecchini diz não defender o personagem, mas, como público, a torcida é pelo Régis.

– O que vai ser a gente não sabe. Tem gente que já está torcendo por Régis e Maria da Paz, mas outros ainda estão muito bravos com ele. Eu brinco que eu tenho que conquistar à unha esse público. O objetivo do Régis agora é ajudar a Maria da Paz, se redimir e se transformar mesmo em todos os sentidos.

Foto: TV Globo/Divulgação

Para Gianecchini, a mudança de atitude de seu personagem já era prevista e ele acredita no novo mocinho. – Eu estou achando o Régis o personagem mais bonzinho da novela, não é por nada não. Ele fica legal, não é mentira! – brinca o ator, defendendo o personagem: – Eu gosto dessas redenções, dessas transformações, porque eu acho possível mesmo. Na vida, às vezes acontece, geralmente, uma coisa muito trágica ou um choque muito grande para a gente mudar. No caso dele, a possibilidade da morte, fez repensar tudo.

E essa indefinição de quem vai ser o escolhido pela mocinha Maria da Paz é o que deixa a novela ainda mais interessante, segundo o ator: – Eu acho muito bom que o público fique dividido, eu torço para isso. Assim a novela fica muito mais interessante, quando o jogo não está ganho para nenhum dos dois lados. Régis e Amadeu agora têm que vir com tudo, vamos ver quem ganha.