Médica de Paulinha Abelha se pronuncia pela primeira vez após morte da cantora: ‘Sofri acusações’


Foto: Reprodução/Instagram

Três meses após a morte de Paulinha Abelha, Paula Cavallaro, médica pessoal da cantora, resolveu se pronunciar para rebater as acusações sobre responsabilidade na morte da artista.

Através de vídeo publicado em seu perfil do Instagram, a profissional ressaltou que o laudo médico da artista comprova que as lesões hepáticas não foram causadas por medicamentos receitados por ela.

“Hoje eu resolvi falar sobre as injustiças que fizeram comigo, em decorrência do falecimento da minha eterna amiga Paulinha Abelha. Algumas pessoas utilizaram as redes sociais para me difamar, onde sofri acusações injustas, que não afetaram só a mim, mas prejudicaram também, outros profissionais médicos, e a muitos pacientes que interromperam seu tratamento em razão das inverdades disseminadas maldosamente nas redes sociais”, disse na legenda da publicação.

“Paulinha era saudável, e cuidava de sua saúde com hábitos bons e comidas de verdade; o Laudo final, atesta que a minha atuação profissional não teve qualquer ligação com o o ocorrido”, continuou.

“Não existe nexo causal entre os medicamentos prescritos e a doença que acometeu Paulinha. Embora todo o estrago que fizeram em minha vida pessoal e profissional, em momento algum eu duvidei de que a verdade viria à tona, como realmente veio”, explicou no vídeo.

Veja o vídeo:

Leia mais sobre Celebridades em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias