Após incêndio, ensaios de verão também serão fiscalizados


Nesta segunda-feira (28), a Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (Sucom) começou a intensificar a inspeção das casas de espetáculo de Salvador para verificar se elas seguem as normas de segurança exigidas pela legislação. A vistoria foi iniciada no bairro do Rio Vermelho e a autarquia também vai atuar, neste primeiro momento, na Pituba e na Ribeira.

Algumas casas noturas já foram visitadas. Uma delas, a San Sebastian, no Rio Vermelho, ganhou um prazo para resolver alguns problemas antes de poder voltar a funcionar. “Nós encontramos algumas situações que precisam ser resolvidas com relação à segurança interna, rotas de fuga, desobstrução de rotas de fuga, concedemos a eles um prazo, até quinta-feira, quando faremos uma nova vistoria, e enquanto isso ele não pode funcionar”, disse o gerente de fiscalização Elmo Costa à TV Bahia.

A Borracharia, também no Rio Vermelho, teve uma notificação entregue a um funcionário porque funciona como casa de shows mesmo tendo alvará para outra atividade. “É uma borracharia, tem licença para isso, mas funciona eventualmente durante alguns dias da semana como danceteria. E nós vamos desde logo notificar para que não realize qualquer tipo de evento musical”, garantiu Elmo.

Os tradicionais ensaios de verão da capital baiana também serão priorizados nas inspeções, informou o superintendente do órgão, Sílvio Pinheiro, em coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira na sede do órgão, no Edifício Empresarial Thomé de Souza, na Av. ACM. A vistoria rigorosa das casas de espetáculo foi determinada nesta segunda-feira pelo prefeito ACM Neto, após o trágico incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS).

Coletiva aconteceu na sede da Sucom

Dez bares, que funcionam como casas de show, também serão alvo da fiscalização. Pinheiro ressaltou que a Sucom já vem realizando trabalhos de fiscalização, no Carnaval e em outros eventos. “O que vamos fazer agora é, por determinação do prefeito ACM Neto, dar uma atenção ainda maior a essas fiscalizações, tanto nas casas de show quanto naqueles espaços adaptados para abrigar eventos”, disse.

O secretário de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, lembrou que é de competência da Sucom, subordinada à pasta do Urbanismo e Transporte, fiscalizar as casas de show na capital baiana. Segundo ele, os espaços têm a obrigação de manter uma equipe de brigadistas de incêndio de plantão, além de equipe médica.

Também nesta segunda-feira, a própria San Sebastian e o Groove Bar divulgaram notas à imprensa lamentando o trágico incêndio na Boate Kiss, na cidade gaúcha Santa Maria, e informando sobre o cumprimento das normas de segurança dos estabelecimentos, entrando nesta discussão.

Borracharia no Rio Vermelho foi notificada pela Sucom durante fiscalização