Salvador

Lançamento da Zona Azul Digital é adiado em Salvador

Ativação da cartela digital poderá ser feita na hora de estacionar

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Programado para esta semana, o lançamento da "Zona Azul Digital" foi adiado pela Transalvador. O motivo é oferecer à população mais de uma opção de aplicativo para estacionamento já no lançamento. Até o momento, apenas um app foi credenciado pela Transalvador, atendendo a todos requisitos do órgão para oferecer o serviço na capital.
O aplicativo credenciado já está disponível gratuitamente nas lojas virtuais Play Store e Apple Store e já funciona em 16 cidades do país. Entretanto, a opção que inclui a capital baiana entre elas será habilitada assim que o serviço iniciar as atividades na cidade.
(Foto: Divulgação)
O serviço funcionará da seguinte forma: o usuário que realizar o download em seu smartphone do aplicativo 'Estacionamento Digital' e fazer o cadastro com nome, endereço de e-mail e placa de veículo (pode incluir mais de um). Após esta etapa, o cliente vai comprar créditos utilizando cartões ou boleto bancário.
A ativação da cartela digital poderá ser feita na hora de estacionar. Outros recursos estão inseridos na plataforma, como GPS que vai indicar o logradouro e as regras do local. Esses parâmetros servem de guia para indicar, por exemplo, o tempo limite de estacionamento. Será possível até programar um alerta no celular para que o motorista saiba do vencimento da cartela minutos antes do fim do prazo.
Novidades
Entre as novidades que o novo serviço vai trazer é que o condutor ganhará uma tolerância de 15 minutos ao estacionar na vaga de Zona Azul. O usuário poderá, via app, cancelar a compra e obter os créditos de volta. Vale lembrar que, se no período de 2 horas após o cancelamento o cidadão desejar estacionar no mesmo logradouro, ele não terá mais os 15 minutos de tolerância. Outra facilidade do sistema é a dispensa da procura por guardadores que comercializam a cartela de estacionamento.
As cartelas de papel não serão retiradas de circulação de imediato e devem funcionar por mais um ano, simultaneamente com a nova versão. O sindicato dos guardadores terá deverá passar por modernização, e os trabalhadores se tornarão pontos de venda de crédito – mesmo após os 12 meses em que o sistema estiver operando de forma mista.
Fiscalização
Os agentes de trânsito vão fiscalizar o estacionamento Zona Azul via smartphone, consultando a placa por meio do talonário eletrônico. Basta apenas digitar a placa e fazer uma simples verificação on-line. “Um dos princípios da Zona Azul é garantir a rotatividade do estacionamento na via, permitindo que o espaço público seja usado de maneira democrática pelos cidadãos”, informou o titular da Transalvador, Fabrizzio Muller, esclarecendo que a renovação de cartela já não era permitida na Zona Azul tradicional. Caso fique na vaga além do tempo inicialmente contratado, o cidadão estará descoberto e o veículo sujeito à multa.
Vagas e tarifas 
Salvador tem, atualmente, 11.192 vagas de Zona Azul na cidade, distribuídas em 287 locais. A previsão é implementar mais 900 vagas até o fim de 2018. Os preços cobrados pelo estacionamento em Zona Azul são R$3 para 2 horas, R$6 para 6 horas e R$9 para 12 horas. Em eventos, a cobrança varia de R$10 a R$20, conforme sinalização.