Salvador

Salvador terá cerca de 60km de ciclorrotas até o fim deste ano

Diferente das ciclovias, elas permitem o trânsito de outros veículos, mas respeitando os direitos dos ciclistas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Uma nova sinalização já começa a ser percebida pelos motoristas que trafegam em Salvador. Vias de algumas regiões já começaram a ganhar o desenho de uma bicicleta e duas setas indicando que aquele local é uma ciclorrota - espaço compartilhado que representa a rota de um ciclista.
Diferente das ciclovias, a ciclorrota permite o trânsito de outros veículos, mas respeitando os direitos dos ciclistas, que seguem sendo prioridade nas pistas.De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), estima que até o final do ano 60km desta sinalização esteja em toda a cidade. O primeiro local que recebe a novidade é a via interna da Avenida Magalhães Neto, nas imediações do Loteamento Aquarius. Já existem projetos para implantar a medida em ruas do Itaigara, Pituba, Itapuã e Graça, mas outras regiões da cidade também estão sendo estudadas.As ciclorrotas funcionarão todos os dias da semana, a qualquer hora do dia. A ideia é permitir espaço seguro para que ciclistas possam chegar a uma ciclovia ou até mesmo para que trafeguem internamente pela ciclorrota. “O importante é que os motoristas entendam que nesses locais devem redobrar a atenção, priorizando sempre os ciclistas”, afirma o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller.