Salvador

Taxistas protestam contra o Uber e travam trânsito em Salvador

Taxistas pedem que a justiça impeçam o funcionamento de aplicativos

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Cerca de 1,5 mil taxistas, convocados pela Associação Geral dos Taxistas, realizam uma carreata na manhã desta terça-feira (19)  até a sede do Tribunal de Justiça (TJ-BA), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Os manifestantes, que saíram na frente do Shopping da Bahia por volta das 10h, reclamam da concorrência do que eles consideram como transporte clandestino a exemplo de aplicativos como Uber e 99 Pop, recém lançado.

De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), eles já passam pela Avenida Tancredo Neves e agora seguem para a Avenida Paralela - o trânsito começa a ficar com retenção desde avenida ACM até a Paralela. A Transalvador não informou o número de taxistas que segue na carreata. 

"Estavamos fazendo manifestação contra as liminares que estão dando direito aos aplicativos funcionarem. Não é um protesto contra os aplicativos e sim contra a Justiça de pelo menos 19 cidades que estão liberando o funcionamento. Fizemos uma manifestação ordeira", afirma João Adorno que é porta- voz da comissão dos taxistas da Bahia. 

Em liminar, do dia 24 de feveireiro, o TJ-BA liberou que o aplicativo Uber funcione normalmente em Salvador. Em junho, o TJ votou também a inconstitucionalidade da lei municipal que proibia que veículos fizessem o transporte a partir de aplicativos. "Precisamos reverter isso. Estamos tendo prejuízos sucessivos", afirma  Denis Paim, presidente da AGT.