Salvador

Voluntários se unem em prol da mobilidade

Projeto que conta com alunos e professores dos cursos de Fisioterapia, Educação Física, Psicologia, Enfermagem e Medicina, também ganha o auxílio voluntário de 30 profissionais da Braskem

Informe Publicitário
- Atualizada em
Oferecimento
Para algumas pessoas, um banho de mar acalma, para outras, revigora, e há até quem acredite que a água salgada cura tudo. Porém, para muitas outras, o banho de mar sempre foi apenas um sonho, inclusive inatingível, mesmo morando numa cidade com um extenso litoral como Salvador. Foi pensando nisso que o ParaPraia foi criado e chega agora a mais uma praia da nossa cidade, dessa vez com o reforço de 30 voluntários da Braskem, todos treinados por fisioterapeutas da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública para dar apoio às pessoas como mobilidade reduzida, no mar e no transporte até a água, que é realizado em cadeiras anfíbias, com rodas feitas de plástico.
 
Voluntários auxiliam usuários na praia de Boa Viagem / Foto: Divulgação
“Levei meu irmão para participar no ano passado. Ele não tomava banho de mar desde quando sofreu um acidente de carro, e foi emocionante acompanhá-lo”, conta o engenheiro da Braskem Erick Garcia, que o acompanhou no projeto antes de se tornar voluntário, se emocionando com os casos que viu. “As pessoas demonstraram uma alegria imensa de ter a oportunidade de realizar uma atividade relativamente corriqueira quanto um banho de mar”, explica o engenheiro voluntário.
 
Enquanto Erick, por um lado, já tem alguma experiência, por outro, a expectativa é grande para a assistente do setor de Serviços Compartilhados da Braskem, Manuela Barreiro, que fez a sua estreia como voluntária em Boa Viagem, na Cidade Baixa, praia da nova temporada do projeto, que acontecerá sempre aos sábados, das 8h às 12h, até o dia 23 de fevereiro. “Estou muito feliz de poder passar por essa experiência e levar um dia de alegria para os que possuem necessidades especiais”, diz ela, ressaltando que a iniciativa do mutirão de voluntário da empresa é muito gratificante, prazeroso e, sobretudo, traz esperança para todos.

Voluntários da Braskem apoiam treinamento em Ondina / Foto: Divulgação
Segundo o gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia e Alagoas, Milton Pradines, a missão do ParaPraia está alinhada ao propósito da empresa. “A Braskem busca criar soluções sustentáveis e inovadoras da química e do plástico, que possam melhorar a vida das pessoas. Exemplo dessas soluções são as cadeiras anfíbias flutuantes, que são utilizadas no ParaPraia, durante os banhos assistidos para deficientes físicos e pessoas com mobilidade reduzida”, explica.

Com uma visão de futuro global, orientada para o ser humano, os 8 mil Integrantes da Braskem se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico. É a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas, incluindo produtos químicos e petroquímicos básicos, e receita líquida de R$ 50 bilhões em 2017. Exporta para Clientes em aproximadamente 100 países e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.