Saúde

Saiba como fazer o cálculo correto para a ceia de Natal

Para tentar minimizar os custos, é importante saber a quantidade correta de comida

Agência O Globo
Já é tradição. O dia da ceia de Natal com muitas opções de delícias, e nos dias posteriores, é aquele festival de sobras na geladeira. Se duvidar, há restos que viram o Ano Novo. Para tentar minimizar os custos, é importante saber a quantidade correta de comida, ainda mais se você for encomendar algum prato (doce ou salgado).
A dica do chef Marcos Alvim, do Carmelo Armazém, é estar atento ao número de pessoas e calcular se a comida será suficiente somente para a ceia ou também para o almoço do dia seguinte.
De acordo com ele, o cálculo é feito, normalmente, da seguinte forma:
- 250g de proteína por pessoa (três fatias)
- 50g (duas colheres de sopa, em média) de cada acompanhamento (arroz, farofa etc)
- Sobremesa: calcular três porções de doce por pessoa — incluindo a rabanada.
— E vale procurar saber se as pessoas que estarão presentes têm algum tipo de restrição alimentar, como diabetes ou intolerância à lactose, para providenciar alguma outra opção — explica da chef Carolina Sales .
A chef Marlene Percílio, da MP Tortas Boutique, ainda dá outra dica:
— Como muitas famílias, seguem a tradição de ceiar apenas à meia-noite, é bom ter alguma opção leve para “beliscar” antes da ceia. Um quiche ou mini-salgadinhos são boas opções.