Saúde

Saiba como usar corretamente a máscara de tecido

Além de o tecido ser duplo ou até triplo, é muito importante seguir o passo a passo para ajustá-la no rosto

Agência O Globo

Desaconselhadas inicialmente pelo Ministério da Saúde, as máscaras de tecido passaram a ser consideradas úteis especialmente nos deslocamentos em transportes públicos. Mas para que a peça tenha eficiência é preciso adotar alguns cuidados preconizados por especialistas. Além de o tecido ser duplo ou até triplo, é muito importante seguir o passo a passo para ajustá-la no rosto, além de ter atenção para os detalhes que podem garantir que o item tenha efetividade em proteger contra a contaminação pelo coronavírus. 

Entenda como usar a máscara com segurança

Foto: reprodução

1 - Antes de utilizar a máscara, que pode ser feita em casa, é preciso se certificar de que ela está limpa. O ideal é lavá-la com água e sabão, deixando de molho por cerca de dez minutos, esperar secar e só então usá-la.

2 - Na hora de colocá-la, todo cuidado é pouco. Primeiro, é preciso esterilizar as mãos, lavando-as com água e sabão por cerca de vinte segundos ou higienizá-las com álcool. Só então pegue a máscara pela parte que se ajusta a orelha, nunca pela parte do tecido que ficará junto ao rosto.

3 - A máscara deve ser ajustada ao rosto de forma a cobrir o nariz e a boca. É importante que, durante a utilização, a pessoa evite tocá-la com as mãos. É comum o item incomoda, o que leva o usuário a tocá-la para amenizar o desconforto. Isso não é recomendável. Em vez de dar proteção, o item poderá, nesse caso, contribuir para a contaminação se não for utilizado de forma correta. Toda vez que for preciso ajustá-la, deve-se higienizar a mão antes.

4 - O ideal é que a pessoa tenha mais de uma máscara para fazer a substituição caso precise usar o item por um tempo mais longo. A cada duas horas ela deve ser trocada e guardada dentro de um saco plástico para ser higienizada mais uma vez e, só então, reutilizada. Caso a peça fique úmida, é preciso também substituí-la porque ela perde a eficiência na proteção contra o vírus.

5 - Cada pessoa deve ter sua própria máscara. O item não deve ser compartilhado em hipótese alguma. O ideal, quando todos da família precisem utilizá-la, é diferenciá-la pela cor ou com algum marcador, como a letra do nome de cada usuário.