Brasil

Dono de loja é suspeito de abusar mais de 50 mulheres

Cinco boletins de ocorrência já foram registrados até o momento

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O dono de uma loja de roupas localizada no Shopping Uai, na cidade de Belo Horizonte (MG), é investigado pelo abuso e estupro de diversas mulheres. Cinco boletins de ocorrência foram registrados, mas mais de 50 vítimas relataram em redes sociais abusos sofridos no local. As informações são do G1 Minas.

A primeira denúncia aconteceu em 2017 contra Cleidison dos Santos Fernandes. A vítima em questão tinha 18 anos e teve o cabelo puxado, foi beijada e mordida à força quando esteve em uma entrevista de emprego com o suspeito. Ela contou aos pais e depois foi até a polícia para denunciar. O suspeito chegou a prestar esclarecimentos sobre o assunto na época.

Na internet, as denúncias começaram na última semana, através de uma adolescente. Segundo o G1, a maioria dos relatos contam que os abusos aconteciam no provador da loja Ana Modas. Um dos relatos foi feito por uma ex-funcionária, que disse à TV Globo que foi abusada em 2018. Ela foi uma da vítimas a fazer registro da ocorrência na delegacia.

O shopping se manifestou através de nota, em que diz que repudia "qualquer forma de violência e abuso, principalmente contra as mulheres". O estabelecimento disse ainda que está prestando auxílio para as vítimas e que vai rescindir o contrato de locação da loja, caso ela não se manifeste sobre o assunto.