Brasil

Menor suspeito de esfaquear médico é detido no Rio de Janeiro

Jaime Gold, de 57 anos, morreu no hospital após a ação dos criminosos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O suspeito de ter esfaqueado o médico Jaime Gold, de 57 anos, foi detido nesta quinta-feira (21) por policiais da Divisão de Homicídios (DH), no Rio de Janeiro. O menor de 16 anos foi reconhecido por testemunhas e teve sua apreensão pedida pela Justiça.


O médico foi esfaqueado enquanto andava de bicicleta no bairro da Lagoa. O adolescente, que foi detido em Manguinhos, na zona norte da cidade, estava com um comparsa e já possui 15 anotações criminais por furto, roubo e uso de drogas. Cinco dos crimes foram com o uso de faca.


Segundo o jornal Extra, a delegada da DH, Patrícia Aguiar, classificou o crime como "uma ação extremamente covarde". "Os criminosos nem o abordaram, já chegaram esfaqueando. A vítima sequer teve a chance de entregar a bicicleta e salvar sua vida", disse.


O menor já havia sido detido e, na última vez que isso aconteceu, ele ficou 40 dias internado em uma instituição, mas acabou liberado no mês de março. Por sua vez, Jaime foi enterrado nesta quinta-feira, no Cemitério Israelita do Caju, na Zona Portutária da cidade.


Depois de depor à polícia, o menor será apresentado ao juizado da Infância e da Juventude do Rio e pode ser internado ou cumprir medida sócioeducativa, como também pode ser solto, já que a decisão caberá ao juiz encarregado do caso.