Comportamento

Aprenda como usar o estresse ao seu favor

"Compreender o que é equilíbrio emocional e aplicar técnicas para alcançar este equilíbrio é uma estratégia que deve ser implementada com a mesma velocidade do Home Office", explica especialista

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Manter o equilíbrio emocional não é uma tarefa fácil, principalmente durante o isolamento social por causa do Covid-19. Mas, você pode aproveitar esse período para desenvolver habilidades para lidar com o estresse e permanecer no controle das situações. 

“Equilíbrio emocional é a chave em situações de crise como a que enfrentamos. Compreender o que é equilíbrio emocional e aplicar técnicas para alcançar este equilíbrio é uma estratégia que deve ser implementada com a mesma velocidade do Home Office. Em resumo, o cuidado com a saúde e emoção devem estar no centro do processo para que pessoas e empresas saiam fortalecidos desta crise”, explica Flora Alves, CLO da SG - Aprendizagem Corporativa.

Para a especialista, algumas técnicas simples para lidar com o estresse que devem ser utilizadas no dia a dia sem a necessidade de deslocamento são: alongamento, yoga, meditação e mindfulness. 

Foto: reprodução

O uso dessas técnicas proporciona clareza de pensamento; melhora a análise de riscos e tomada de decisões; traz serenidade para evitar o medo e pânico; aumenta a criatividade que possibilita a inovação; e melhorias da percepção, permitindo que as pessoas visualizem alternativas e opções para a solução de problemas.

Alongamento

 – São exercícios voltados para o  aumento da flexibilidade muscular, que promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento. O principal efeito dos alongamentos é o aumento da flexibilidade, que é a maior amplitude de movimento possível de uma determinada

 articulação. Quanto mais alongado um músculo, maior será a movimentação da articulação comandada por aquele músculo e, portanto, maior sua flexibilidade, além de fazer com que essa mesma maior flexibilidade seja utilizada para gerirmos nossas emoções. 

Quando feitos de maneira adequada os alongamentos trazem muitos benefícios, como: reduzem as tensões musculares; relaxam o corpo; proporcionam maior consciência corporal; deixam os movimentos mais soltos e leves; previnem lesões; preparam o corpo para atividades

 físicas; e ativam a circulação.

Yoga

 - O Yoga é uma prática que tem como  objetivo trabalhar o corpo e a mente de forma integrada, com exercícios que auxiliam para o controle do estresse, ansiedade, dores no corpo e na coluna, além de melhorar o equilíbrio e promover a sensação de bem-estar e a disposição, podendo ser praticada  em qualquer idade. Para ter todos os benefícios do Yoga, são necessários pelo menos três meses de prática, pois à medida que a pessoa vai praticando a atividade, consegue ter maior consciência corporal e passa a controlar melhor a mente para que ela influencie

 o corpo e, assim, todo o organismo trabalhe de forma harmônica e equilibrada.

Meditação

 - Meditar não é refletir, é esvaziar  a mente, é expandir a consciência. Os mestres orientais têm como fundamental ensinamento o saber ficar em silêncio, manter a mente vazia e buscar a sabedoria interior. Pensar sem parar, falar continuamente e ficar todo o tempo fazendo alguma coisa produz ansiedade  e nos afasta de nós mesmos. O silêncio desperta a alma, a mente vazia nos conecta com o Universo e o não-fazer nos prepara para o que deve ser feito.

Meditar é focar a mente, deixar as preocupações de lado, viver o aqui e o agora. Durante a meditação, a pessoa se conecta com o campo da pura energia, inteligência e consciência. A meditação diminui a ansiedade, melhora a depressão, melhora as dores crônicas, diminui

Mindfulness

 - É uma técnica de treinamento para manter a atenção plena, que não procura esvaziar a sua mente de pensamentos; trata-se apenas de prestar atenção nas ações do presente, sem ficar apegado ao passado ou sem se preocupar em excesso com o futuro. Com certeza você já deve ter escutado uma música  e por aquele tempo não pensou em mais nada, ou em um momento tranquilo conseguiu sentir todas as notas ao degustar um bom vinho. Isso nada mais é que mindfulness!

“Capacidade de estar presente”, o “estar consciente do que se passa à nossa volta”, “das emoções que vamos sentindo ao longo do dia e do nosso próprio corpo”. O treinamento e aprendizado dessa forma de atenção pode estar atrelado às técnicas de meditação e de outros exercícios,  para que possamos estar conscientes nas tomadas de decisões, ou seja, sermos protagonistas. O objetivo dos programas de mindfulness é libertar as pessoas do condicionamento automático. ​

Importante ressaltar que todas essas técnicas podem e devem fazer parte de treinamentos customizados, em prol do equilíbrio emocional em tempos incertos. “É  importante termos em mente que se não estivermos preparados, seremos deixados para trás. O equilíbrio emocional vai nos ajudar a termos serenidade para nos prepararmos para o futuro que já chegou. Agir com consciência e empatia é sempre a melhor alternativa”, finalizou a especialista.