Cinema

Sete estreias movimentam as salas de cinema neste fim de semana

Entre os longas que entraram no circuito comercial, quatro comédias, uma ação e um drama

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
As salas de cinema da capital baiana estarão bastante movimentadas neste fim de semana por conta dos bons filmes em cartaz e das sete estreias desta quinta-feira (07). Entre os longas que entraram no circuito comercial, quatro comédias, uma ação e um drama. Já no circuito Sala de Arte a única novidade fica por conta da exibição do nacional 'O Senhor do Labirinto'.
Sean Penn interpreta um um matador de aluguel que quer se aposentar em 'O Franco-Atirador'

Entre as grandes estreias da semana a ação 'O Franco-Atirador', que tem Sean Penn como protagonista. Em 117 minutos, o filme conta a história de Martin Terrier, um matador de aluguel que quer se aposentar e passar o resto da vida ao lado de sua amada. Mas tudo muda de figura quando ele descobre que está sendo traído por pessoas de sua confiança. Então Martin começa uma viagem por toda Europa para acertar as contas com cada homem que tentou trapaceá-lo. O longa está em cartaz em sete salas de cinema.

O drama nacional 'A Estrada 47' é ambientado na Itália e tem como tema a Segunda Guerra Mundial. Depois de sofrerem um ataque de pânico coletivo, no sopé do Monte Castelo, os soldados Guimarães (Daniel de Oliveira), Tenente (Julio Andrade), Piauí (Francisco Gaspar) e Laurindo (Thogum) tentam descer a montanha, mas acabam se perdendo um do outros. Quando conseguem se reencontrar, precisam decidir se retornam para o batalhão e correm o risco de enfrentar a Corte Marcial por abandono de posto, ou voltam para a posição da noite anterior e se arriscam a enfrentar um ataque surpresa do inimigo.
Em 'Sorria, você está sendo filmado', um caso de suicídio gera muitas confusões e situações engraçadas

Na lista de comédias estreantes, 'Sorria, Você Está Sendo Filmado'. O filme nacional estrelado por Lázaro Ramos, Otávio Augusto, Susana Vieira, Lúcio Mauro Filho, Juliano Cazarré, Thiago Rodrigues e Deborah Secco, mostra as confusões armadas por pessoas que encontram o corpo de um homem morto em um apartamento. Mal sabem os personagens que tudo estava sendo filmado por uma webcam. O longa está em cartaz em seis salas de cinema da capital baiana.

Estreia também 'Super Velozes, Mega Furiosos'. Dirigido por Jason Friedberg e Aaron Seltzer, o longa brinca com nomes de personagens e sequências marcantes da franquia Velozes & Furiosos. O policial disfarçado Paul White vigia a gangue ilegal de corredores de rua liderada pelo invencível Vin Serento. Apesar de alguns escorregões, Paul conquista a confiança de Vin e entra para o grupo formado também pela namorada durona de Vin, Michelle, Jordana, sua doce irmã, e o melhor amigo Curtis.
'O Exótico Hotel Marigold 2' promete repetir o sucesso de seu antecessor

Em cartaz em quatro salas de cinema de Salvador, 'O Exótico Hotel Marigold 2' conta a história de Sonny Kapoor (Dev Patel), que tenta encontrar tempo para expandir os negócios enquanto se prepara para o casamento com Sunaina (Tena Desae). O Hotel Marigold tem lotação praticamente esgotada e ele precisa de uma outra propriedade para receber novos hóspedes. O filme é a sequência do bem sucedido 'O Exótico Hotel Marigold', de 2012.

A comédia francesa 'Se Fazendo de Morto' está em cartaz em apenas um cinema. No filme de 104 minutos, Jean ganhou o prêmio César de melhor revelação em 1987, mas questões de ego o levaram a escolhas erradas na carreira. Aos 40 anos, ele hoje mal consegue emprego como ator. A única chance que surge é de interpretar o morto na reconstituição de um violento crime ocorrido em uma cidade ao norte da França. Ele aceita a tarefa mas, ao chegar, logo bate de frente com a juíza Noémie Desfontaines, que não gosta dos pitacos que ele dá nas investigações feitas pela polícia.

Única novidade no circuito Sala de Arte, 'O Senhor do Labirinto' conta a história de Arthur Bispo do Rosário, sergipano esquizofrênico que passou boa parte de sua vida internado na colônia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro. Suas criações, como mantos e bordados, são consideradas obras de arte e já representaram o Brasil em evento internacional realizado em Veneza, na Itália. Dentro de seu mundo místico e imaginário, onde acreditava ser Jesus, Bispo, interpretado pelo ator Flávio Bauraqui, era restritivo quanto aos que poderiam adentrar em sua 'terras'. O filme está em cartaz no Cinema do Museu.