Empregos

Seu currículo consegue vender sua imagem profissional?

Grande maioria dos currículos possui pouco detalhamento sobre as responsabilidades que o profissional teve

Agência O Globo


Redação Catho


Quando você vai ao mercado, tende a comprar algum produto com a embalagem mal acabada ou danificada? Da mesma forma, tende a comprar um que não diz claramente para que serve ou que não possui as descrições adequadas?

Pois é, o seu currículo pode passar pelo mesmo problema. Talvez nenhum recrutador esteja com disposição de “comprar” o seu perfil profissional nos processos seletivos por não se sentir seguro sobre as informações que estão descritas ou sobre a imagem que passa neste documento.

Vários profissionais não se preocupam com a elaboração do currículo
Por atuar em uma consultoria de Recursos Humanos, eu recebo, diariamente, dezenas de currículos fisicamente no meu escritório ou através do nosso banco de currículos. Muitos desses currículos não conseguem apresentar adequadamente o perfil do profissional. Para que você entenda o que quero dizer, lembre-se que nós, recrutadores, não recebemos o documento acompanhado do profissional para explicar o que ele fez em suas experiências profissionais ou quais formações possui.

A grande maioria dos currículos possui pouco detalhamento sobre as responsabilidades que o profissional teve em cada experiência, não informa um resumo das principais habilidades que possui, não apresenta formações acadêmicas e cursos complementares com as informações adequadas, além de ter uma estrutura que dificulta uma rápida leitura.

 O seu currículo deve falar por conta própria
Se você realmente deseja se recolocar, dedique mais tempo para aprender a escrever um currículo adequadamente ou contrate um profissional especializado. Nunca se candidate para uma vaga sem antes ter priorizado e trabalhado fortemente para descrever o seu perfil profissional.

Boa parte dos profissionais são eliminados do processo seletivo pela simples falta de cuidado ao elaborar o currículo e não pela ausência de competência, experiência ou disposição para assumir a vaga. Dentre centenas de currículos que o recrutador recebe por vaga, ele vai selecionar os que lhe passam mais segurança e possuem as informações mais alinhadas ao perfil que espera.

Infelizmente, muitos currículos não são selecionados nas fases iniciais do processo seletivo por pequenos erros, que são capazes de destruir as chances de um profissional excelente e com uma capacidade incrível para assumir a vaga.

 

A responsabilidade é sua
Agora se você pensa que a culpa é do recrutador, que ele não consegue entender as informações do seu currículo ou que deveria te chamar para entrevista para esclarecer os buracos que deixou no currículo, esqueça! Esta responsabilidade é sua! Você é quem deve desenvolver um currículo que consiga gerar interesse e agradar o recrutador.