Mais Esportes

CS:GO Vitória eSports anuncia quinteto para disputa de campeonato

Ex-jogadoras da Vivo Keyd estavam afastadas do cenário competitivo há dois meses

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Depois de dois meses longe do cenário competitivo, o quinteto formado por Juliana "Showliana", Camila "cAmyy", Pamella "pan", Bruna "bizinha" e Gabriela "GaBi" está de volta. A equipe feminina de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) agora faz parte do Vitória eSports. Pelo menos para a fase online do Brasil Game Cup. A equipe fez sua estreia na última quinta-feira (26) e venceu o Number Six Victory por 16 a 5.

(Foto: Divulgação/Vitória eSports)

O momento foi bom para as duas partes: a organização (Vitória eSports) precisava de um time feminino para jogar a Brasil Game Cup, e para as meninas, que procuravam um destino para retornar às competições. O quinteto se interessou pela proposta apresentada por Blendo Santos, responsável pelo operacional da organização, em conjunto com os membros da diretoria Reinaldo Oliveira e Leonardo Sukerman.

Há duas semanas, o Vitória perdeu a line-up feminina de CSGO por problemas internos. A equipe era composta por Beatriz "Bea", Bianca "beazinha", Marcella "Cellax", Ana "naxy" e Ana "Anafps".

Passagem pela Keyd

Na Keyd, as cinco jogaram juntas por oito meses e tiverem o melhor desempenho feminino internacionalmente. Em fevereiro deste ano, sob o comando do técnico Guilherme "Walck", ficaram em quarto lugar no Intel Challenge Katowice e saíram do cenário competitivo como a melhor equipe sul-americana.

(Foto: Divulgação/ESL)

Em maio, a organização dispensou as jogadores e o treinador "em comum acordo", depois de algumas postagens polêmicas no Twitter. As publicações diziam respeito a Olga "Olga", jogadora transsexual da Bootkamp.

Além do time feminino de CSGO, o Vitória tem jogadores no FIFA, PES e no PlayerUnknown's Battleground (PUBG).