Futebol

Pai de Neymar processa ex-presidente do Santos

O mandatário havia o acusado de participar de orgias, e terá que responder por danos morais


Redação Goal

O pai do craque brasileiro Neymar entrou com um processo por danos morais contra o presidente licenciado do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro. Em entrevista ao canal ESPN, o mandatário havia o acusado de fazer orgias, além de o chamar de mau-caráter, duas caras e mentiroso. "Responsável por orgias, mercenário, irresponsável... Prostituição, mau-caráter, mentiroso, duas caras... São tantos advogados que conduzem à inarredável conclusão que o réu (Laor) injuriou e difamou o autor (Neymar pai), com a intenção de ofendê-lo pessoalmente com propósito espúrio e evidentemente desabonador", alegam os advogados, de acordo com o jornal Estadão.As acusações aconteceram quando o dirigente ficou sabendo que o staff de Neymar havia recebido uma valor antecipado pela negociação do jogador com o Barcelona.Luis Álvaro aguarda a notificação do processo que corre na 3ª Vara Cível, do Foro Regional XI, em Pinheiros, São Paulo.