Mundo

Adolescente morre após ser forçada a abortar fruto de um estupro

Ela ficou grávida após ser estuprada várias vezes pelo tio

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

Uma adolescente de 14 anos, identificada pela mídia local como Uzma, morreu durante um aborto aos seis meses de gestação. O caso aconteceu na cidade de Okara, em Punjab, Paquistão. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, ela ficou grávida após ser estuprada várias vezes pelo tio. 

Após a separação dos pais, a jovem começou a morar na casa dos tios, Ghulam Anwar e Sajida Bibi. Quando souberam da gravidez eles optaram para que a menina fizesse um aborto. Uzma morreu de complicações no aborto, devido ao estágio avançado da gravidez.