Mundo

Mulher é torturada e enterrada viva por vizinhos bêbados

Vítima precisou cavar terra para se libertar

Fernando Moreira, da Agência O Globo
- Atualizada em

Uma mulher que foi enterrada viva por vizinhos bêbados teve que lutar pela vida cavando a terra da cova aberta e conseguir se libertar.

O caso recente ocorreu no vilarejo de Maryanske (Ucrânia). Dois irmãos embriagados entraram na casa de Nina Rudchenko, de 57 anos, e a atacaram com um bastão de beisebol. A moradora foi torturada por cerca de duas horas até que desmaiou.

Nina (esq.) foi enterrada viva nesta cova (dir.), na Ucrânia (Foto: 

Os irmãos, de 27 e 30 anos, levaram Nina inconsciente até um cemitério. Ao despertar, ela foi obrigada a cavar a própria cova rasa ao lado de túmulos e a se deitar no fundo do buraco.

"Eles começaram a jogar terra em cima de mim. Cobri o rosto com as mãos para guardar um pouco de ar", contou a ucraniana, de acordo com o "Daily Mirror".

"Quando acabaram de jogar a terra, acharam que eu estivesse morta e foram embora", acrescentou.

Nina começou a cavar freneticamente a terra com as mãos. A mulher conseguiu sair da cova, voltou para casa andando e desmaiou novamente. Foi encontrada no dia seguinte por uma irmã, que chamou a polícia. Os irmãos foram presos, indiciados por tentativa de homicídio.

A vítima teve concussão cerebral e sofreu fraturas no maxilar e no nariz.