Nem Te Conto

Alexandre Frota é condenado a indenizar Gilberto Gil

Ex-ator pornô vai ter que pagar R$ 20 mil ao cantor

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
O político Alexandre Frota foi condenado a indenizar o cantor Gilberto Gil em R$ 20 mil por danos morais, segundo informou o 'Uol'. A decisão é da 50ª Vara Cível do Rio, em uma ação movida pelo cantor por conta de postagens ofensivas do ex-ator pornô em seu perfil do Twitter - ele teria dito que o músico não podia mais 'roubar livremente recursos oriundos da Lei Rouanet'.

No processo, Gil alega que a postagem causou angústia e sofrimento para sua família. Na decisão, a juíza afirma que o candidato a deputado federal em São Paulo fez "afirmações desprovidas de qualquer lastro probatório, causando danos à imagem e à honra do autor". 
"Não defendo o cerceamento do direito de informação nem a censura prévia, procedimentos inteiramente incompatíveis com o Estado de Direito, sendo a questão apenas de exigir maior responsabilidade daqueles que lidam com a liberdade de expressão, principalmente, por meio da internet, cuja velocidade de propagação é exorbitante", completou.