Nem Te Conto

Latino tem prisão decretada e pode ser detido a qualquer momento

Cantor pode ser preso a qualquer momento. O advogado de Latina tenta acordo para evitar que ele seja detido

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Latino tem prisão decretada e pode ser detido a qualquer momento
(Foto: Divulgação)

O cantor Latino pode ser preso a qualquer momento. É que a Justiça de São Paulo expediu um mandado de prisão para o artista nesta última terça-feira (8). Ele responde pelo não pagamento de pensão alimentícia de um dos seus oito filhos - a caçula Valentina, de 2 anos.  A dívida contraída pelo cantor é referente aos meses de setembro de 2014 e setembro de 2015. De acordo com o Ego, o valor devido de pensão para a mãe de Valentina, Gláucia Roberta de Souza, é de R$ 140 mil. Latino já tinha sido notificado e intimido a pagar os meses de junho, julho e agosto de 2014, para evitar ser preso imediatamente. Como ele não pagou os meses restantes, de setembro do ano passado até este ano, o cantor pode ser preso a qualquer momento. "A Justiça expediu o mandado de prisão dele porque ele não pagou o saldo que devia. A Gláucia foi comunicada da decisão, mas não ficou feliz", disse o advogado da mãe de Valentina, Fernando Abrahão, em entrevista ao Ego. "Não era o que ela queria. O que ela deseja é que ele pague o que deve para ajudar a filha. Mas como ele não cumpriu, que seja aplicada a lei", comentou. O advogado do cantor, Bruno Gomes, revelou ao Ego que tenta um acordo para evitar a prisão de Latino. "O processo corre em sigilo e eu não posso dar muitos detalhes sobre a tramitação, mas posso informar que o Latino já pagou uma parte dos alimentos atrasados, vai pagar a outra parte esta semana e a diferença até o dia 19. Com isso, pretendemos afastar o risco de prisão dele", disse.   Entenda o caso
De acordo com o jornal Extra, o cantor só esteve com a caçula Valentina na maternidade, quando foi fazer o teste de DNA. Valentina é fruto da relação de Latino com a empresária Gláucia Roberta de Souza. Há pouco mais de um ano, ela entrou com o processo de pensão contra o cantor. Na época, a Justiça decretou que ele deveria pagar R$ 10 mil por mês para a garotinha. "Tem hora que dá vontade de desistir. Correr atrás de um homem que nunca ligou para a filha, nunca quis vê-la. Mas agora quero tudo. É só ele vender um dos carros de luxo dele e pagar a pensão para os filhos", disse Glaucia ao Extra. Segundo ela, para cuidar da garota foi preciso fechar uma clínica estética que ela mantinha, alugar os equipamentos e contar com a ajuda dos pais, avós de Valentina. Na primeira semana de agosto, Latino depositou em juízo R$ 30 mil referentes às pensões de junho, julho e agosto de 2014, mas ainda não pagou tudo. “O que aconteceu agora foi uma execução de alimentos. Caso ele não pague, pode ser preso”, disse o advogado Fernando Abrahão. Segundo ele, a Justiça determinou o pagamento em até três dias sob pena de prisão. O cantor também não teria procurado a outra parte para um acordo ou pedido de parcelamento da dívida.
Correio24horas