Salvador

Dono de ótica é esfaqueado por cliente no Cabula

Vítima foi socorrida para o HGE e o estado de saúde é considerado grave

Nilson Marinho, do Correio 24h

Um optmetrista - técnico da área de saúde que trabalha com a visão -  foi esfaqueado por um cliente na noite desta terça-feira (27) após realizar uma consulta domiciliar no bairro do Cabula. De acordo com a ocorrência registrada no posto da Polícia Civil do Hospital Geral do Estado (HGE), Emiraildo Teodoro, 53 anos, deu entrada na unidade de saúde com lesões na mão direita e perfurações na região do tórax.

Ainda de acordo com a ocorrência, dias antes do crime, o profissional  teria recebido uma ligação de um cliente solicitando um atendimento domiciliar na Rua Silveira Martins, Travessa da Tesoura, no Cabula. O suposto cliente teria apresentado uma receita médica prescrita por um oftalmologista.

Ao chegar no local, por volta das 22h, Emiraildo foi supreendido com golpes de faca. Ele chegou a ser socorrido por uma ambulância da Unidade de Saúde Móvel (Samu)e encaminhado para o HGE, onde permanece em estado grave.

Segundo a sogra de Emiraildo, a dona de casa Ednalva Maria, 60, o optometrista já faz atendimento domiciliar há cerca de 10 anos. No entanto, ela não soube informar o que teria acontecido com o genro. "Não temos nenhuma informação do que teria acontecido com ele. Emiraildo já trabalha assim há bastante tempo, mesmo tendo uma pequena ótica ele continuava realizando as visitas", conta a sogra.

Ainda de segundo ela, a vítima teria saído da cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), onde mora com a esposa, para realizar a visita médica. "Ainda não tenho maiores informações do que aconteceu, mas o estado de saúde dele é grave", resume a sogra.