Salvador

Trinta mil vagas para Educação Infantil serão disponibilizadas em rede municipal até 2016

Para isto, Centros Municipais estão sendo construídos, reconstruídos e reformados

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
A Prefeitura do Salvador, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SMED), está reforçando as ações de ampliação das vagas para Educação Infantil na rede municipal de ensino. A meta é abrir, pelo menos, 30 mil novas vagas para crianças de 0 a 5 anos, até 2016. Para que isso seja realizado, novos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) estão são construídos; outros reconstruídos ou reformados. Além disso,  convênios com instituições comunitárias também são ampliados. Dentre as ações divulgadas pela Prefeitura, estão: construção de 14 CMEIs - três deles (Cabula, Periperi e Nordeste de Amaralina) com obras já iniciadas; reconstrução de outros seis e reforma de mais 16 unidades escolares. Leia mais:
Cerca de 110 concursos oferecem mais de 31 mil vagas em todo o Brasil
Com muitos concursos sendo oferecidos, conheça alguns jovens que se preparam para entrar na carreira pública
Em Salvador, Aécio lança plano para desenvolver o Nordeste e promete reajustar Bolsa Família
Prefeituras encerram inscrições de concursos com um total de 684 vagas
Rede municipal terá 30 mil novas vagas para Educação Infantil
De acordo com a prefeitura, novos CMEIs serão instalados nos bairros com baixo atendimento escolar para crianças de 0 a 5 anos.  Para tanto, imóveis para aluguel precisam ter no mínimo seis cômodos com área mínima de 20m2 cada, com possibilidade de ampliação dos ambientes para no mínimo 30m2; ventilação cruzada; sanitários em todos os pavimentos; cozinha; área externa de no mínimo 80m²; estrutura em boas condições de conservação; acesso pavimentado ao imóvel e documentação regularizada.

Já os terrenos para abrigar as novas construções precisam ser planos, com o mínimo de inclinação possível; ter área mínima de 1200 m2; medidas laterais superiores a 30m2; distância de 30 metros de rios e córregos e 15 metros de linhas de alta tensão; rede de água, esgoto e elétrica próximas; área que não seja de coleta de águas (área de bacia); e documentação regularizada.

Os interessados devem entrar em contato com a SMED, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelos telefones 2202-3071 / 8881-9536 e 9987-9830. Dúvidas e outras informações também podem ser adquiridas pelos mesmos números.