Trânsito será restringido em cinco áreas durante o Carnaval


Este ano, os circuitos do Carnaval terão cores bem definidas – além das que invadem as avenidas em formas de blocos, fantasias, abadás e luzes de trios elétricos. Dessa vez, os bairros que estão no meio dos circuitos Dodô e Osmar serão divididos em cinco cores diferentes para facilitar a vida de moradores e foliões.

Assim como no ano passado, a separação faz parte da operação de trânsito da Transalvador para os dias de festa e diz respeito a zonas de restrição de veículos. Ou seja: apenas moradores podem acessar as áreas, além de veículos oficiais ou de serviços públicos.

A diferença é que, enquanto em 2014 existiram apenas duas zonas para os moradores da Barra e de Ondina, agora serão cinco, incluindo residências que ficam em bairros como Campo Grande, Canela, Vitória e Graça.

Foto: Evandro Veiga/Correio

“No ano passado, (a operação) beneficiou demais os moradores da região que é afetada pelo Carnaval e têm que conviver com isso. Algumas pessoas tinham problemas históricos de não conseguir entrar em casa porque as ruas ficavam lotadas. No ano passado, essas queixas foram quase zero”, explicou o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller.

ZONAS
Por isso, foram criadas mais subdivisões. “Quem tiver o adesivo de uma zona não pode acessar a outra. Lógico que algumas zonas, como a vermelha, terão alguns locais de acesso, mas sem passar pela zona completa”, disse o assessor de planejamento operacional da Transalvador, Janivaldo Rosário.

Moradores da orla da Barra e de Ondina (entre o Porto e a Avenida Oceânica, na altura da Avenida Ademar de Barros), além das Ruas  Marques de Leão e Afonso Celso e a Avenida Sete de Setembro receberão adesivos de cor vermelha. 

Moradores terão acesso com credencial (Arte/Correio)

Quem mora na parte da Barra que fica fora do circuito, além da Graça, Avenida Centenário (sentido orla), Chame-Chame e Vitória ficará na zona roxa. Já a zona verde vai do Corredor da Vitória, Praça Dois de Julho e Rua Banco dos Ingleses, no Campo Grande, a  e na Araújo Pinho, no Canela.

A Avenida Centenário no sentido Barris, a Avenida Sabino Silva, Calabar, Jardim Apipema, Morro do Gato e o Largo do Camarão ficam na zona amarela. E, por fim, há a zona marrom, que vai da Avenida Adhemar de Barros, em Ondina, passando pelo trecho da Avenida Oceânica entre o colégio Isba e a Curva da Paciência até as ruas Euricles de Matos e Vila Matos.

“Fizemos um avanço esse ano para consolidar o projeto e implantar com mais segurança. A partir do ano que vem, planejamos avançar para mais ruas”, garantiu Rosário.

ADESIVOS
Cada residência que fica em algum dos bairros que fazem parte das áreas de restrição receberá dois adesivos pelos Correios a partir de amanhã. “Esse será o limite. Quem tiver mais carros terá que escolher. Vale para todos os veículos, incluindo motos”, afirmou Rosário.

O credenciamento foi realizado pela base de dados do IPTU da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) e os adesivos começaram a ser enviados na semana passada. Quem não receber seus passes deve procurar um dos postos de atendimento nos shoppings Barra, Salvador e Salvador Norte (das 9h às 22h de segunda a sábado e das 10h às 20h aos domingos), além da sede da Transalvador, nos Barris (de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h).

Ao todo, foram emitidas 56 mil credenciais para residentes. A fim de evitar problemas como a falsificação e a venda, as credenciais desse ano devem vir com elementos de segurança. “Se a pessoa tirar xerox, por exemplo, não vai conseguir refletir o holograma original. E ter apenas dois ajuda a diminuir a venda”, alerta Janivaldo Rosário.

Para outras informações – inclusive para checar se a sua casa fica dentro da zona restrita – é possível acessar o site www.transalvadornocarnaval.salvador.ba.gov.br. Até sexta-feira, já deve estar disponível na Google Play (Android) o aplicativo Mobilidade SSA, que também trará informações sobre o trânsito no Carnaval. Em breve, o app deve ser lançado também na App Store (iOS). 

BLOQUEIOS
Desde a quarta-feira, dia 11 de fevereiro, antes mesmo do início oficial do Carnaval, já haverá interdição na orla da Barra, do Farol até o Clube Espanhol, das 13h às 4h da manhã do dia seguinte. Daí, a partir desse horário, o espaço dos circuitos já ficará interditado até as 14h da quarta-feira, dia 18. A interdição nas outras zonas, que terá barreiras móveis, começa sempre às 13h e vai até as 5h da manhã do dia seguinte.

Correio24horas