Saúde

Exercício físico é prioridade para a saúde das crianças

Entre meninos e meninas de 5 a 9 anos, 33% já estão acima do peso

Agência O Globo
A obesidade é um problema de saúde que aflige a população brasileira cada vez mais cedo. Entre meninos e meninas de 5 a 9 anos, 33% já estão acima do peso e 14,3% são considerados obesos, segundo dados do IBGE. Crianças obesas têm mais chance de se tornarem adultos obesos, o que aumenta o risco de desenvolver doenças crônicas como pressão alta e diabetes. O sedentarismo é um dos pilares para o sobrepeso infantil.
— É importante que os pais tenham consciência de estimular os filhos a praticarem diversas atividades físicas. Existem vários tipos de exercícios e esportes coletivos e individuais — diz André Fernandes, presidente do Conselho Regional de Educação Física.
De acordo com André, as crianças podem praticar atividades físicas desde bebês.
— É importante focar no desenvolvimento psicomotor das crianças mais novas. O que hoje está na moda é o treinamento funcional adaptado para cada faixa etária em função de cada desenvolvimento — afirma André.
A academia Team Nogueira Cachambi desenvolveu “Kids Camp”, atividade que oferece circuitos e gincanas a crianças de 4 a 12 anos. O objetivo é tirar os pequenos do sedentarismo e desenvolver neles coordenação motora, lateralidade, ritmo e equilíbrio.
— Entre os benefícios estão os desenvolvimentos físico, social, cognitivo e emocional — afirma Ranne Sousa, professora da atividade.
Marcella Vasconcelos, mãe de Matheus, de 9 anos, viu a vida do filho mudar desde que ele passou a fazer atividades:
— Agora ele está mais solto, ativo, sociável, participativo nas atividades escolares e teve melhora na coordenação motora. Além disso, quando começou, estava bem acima do peso e agora, emagreceu bastante.
Como a criança ainda está em desenvolvimento, devem ser evitadas atividades com muita carga ou velocidade, porque as articulações estão em formação e uma lesão pode gerar deformidades.