Saúde

Saiba o que pode causar a infertilidade masculina

Fatores masculinos estão presentes em 60% dos casos de dificuldade de gravidez

Evelin Azevedo, da Agência O Globo

Quando um casal não consegue ter filhos, o primeiro pensamento que vem à mente das mulheres, geralmente, é que o problema é com elas. Mas uma pesquisa divulgada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, mostra que o fator masculino, isoladamente ou em associação com fatores femininos, está presente em 60% dos casos de infertilidade conjugal. E, mesmo homens que já são pais podem se tornar inférteis por vários motivos, como explica o diretor médico da Clinica Vida, Paulo Gallo:

— Às vezes, ainda acontece de um homem dizer que não quer fazer o espermograma (exame que analisa a qualidade do sêmen) porque já tem um filho. Mas, ao contrário do que se pensa, a fertilidade do homem também cai com a idade. Estudos mostram que, a partir dos 35 anos, a qualidade e a quantidade de espermatozoides vão diminuindo. Então, ele pode ter tido um filho aos 20 anos e agora, aos 40, ter dificuldade.

De acordo com o médico, apesar de alguns homens ainda não aceitarem que o problema pode estar com eles, atualmente os parceiros estão mais abertos à investigação e ao tratamento do problema.

— Existe um mito de que fertilidade tem a ver com virilidade, mas isso é mentira. O homem pode ser viril, ter muita libido e ser infértil. Mas hoje, com a sociedade menos machista, os homens encaram tudo de forma natural.

Se o casal está há mais de um ano tentando engravidar, sem usar nenhum método contraceptivo, é hora de buscar orientação médica. A cumplicidade é fundamental:

— A infertilidade é conjugal. Quando vamos investigar as causas, não estamos procurando um culpado, mas uma solução. Os dois precisam estar juntos.


Confira a lista completa do que contribui para infertilidade do homem:

Idade:
A partir dos 35 anos, o homem começa a produzir uma quantidade menor de espermatozoide e qualidade deles também diminui;

Tabagismo e doenças crônicas:
Doenças como hipertensão, diabetes e a obesidade, o consumo excessivo de álcool e o vício em cigarro podem piorar a qualidade do espermatozoide, porque interferem na oxigenação das células dos testículos, o que compromete sua produção.;

Problemas genéticos:
Alteração no cariótipo (dupla de cromossomos) que pode causar uma falha genética ocasionando na infertilidade. O homem também pode nascer sem o ducto deferente, canal que leva o espermatozoide dos testículos para a uretra.

Infecções: Quando a caxumba "desce" para os testículos, ocorre a Orquite (inflamação do testículo). Esta mesma inflamação  pode ser ocasionada por fatores como uso de cuecas muito apertadas, estresse e alimentação irregular.

Tratamento contra câncer:
As sessões de radioterapia e quimioterapia podem tornar os homens inférteis por causa das substâncias que são usadas no tratamento.

Trabalhos insalubres: Homens que trabalham em constante exposição a produtos químicos e tóxicos ou em locais de calor excessivo podem se tornar inférteis por alteração nas células germinativas.