Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > agenda cultural
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Whatsapp Whatsapp
OSBArris

OSBA realiza concerto gratuito na Biblioteca Central no domingo (19)

Biblioteca Central do Estado celebra 213 anos com apresentação gratuita da OSBA

Isadora Gomes • 14/05/2024 às 21:03 • Atualizada em 15/05/2024 às 12:47 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

A Orquestra Sinfônica da Bahia realiza terceira edição do OSBArris, neste domingo (19), às 17h. A apresentação gratuita faz parte da semana de celebração dos 213 anos Biblioteca Central do Estado, localizada no bairro dos Barris, em Salvador.


				
					OSBA realiza concerto gratuito na Biblioteca Central no domingo (19)
OSBA realiza concerto gratuito na Biblioteca Central no domingo (19). Foto: Caio Lirio

Fundada em 13 de maio de 1811, a Biblioteca Central é a primeira biblioteca pública do Brasil e da América Latina. A entrada para o evento será feita por meio da doação de um quilo de alimento não perecível ao programa Bahia Sem Fome.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

OSBArris nos 213 anos da Biblioteca Central

O OSBArris é um projeto criado pelo maestro Carlos Prazeres, regente deste concerto e curador artístico da OSBA, que une a música sinfônica à tradição cultural dos Barris, em Salvador. A apresentação no Quadrilátero da Biblioteca Central terá como solistas as sopranos Gabriella Pace e Daniela Tabernig, o tenor Matheus Pompeu e o barítono Homero Velho.


				
					OSBA realiza concerto gratuito na Biblioteca Central no domingo (19)
OSBArris nos 213 anos da Biblioteca Central. Foto: Divulgação

Segundo Prazeres, a OSBA preparou para esta apresentação o programa “Gala Puccini”, que inclui uma seleção de árias das óperas do renomado compositor italiano Giacomo Puccini (1858-1924), em homenagem aos 100 anos de falecimento. Serão apresentados trechos de das óperas "Madame Butterfly", "La Bohème", "Manon Lescaut" e "Turandot".

“Puccini é, sem dúvidas, um dos mais importantes compositores de óperas na história da música. Suas árias são muito conhecidas, chegando a povoar o nosso imaginário coletivo assim como canções populares. Celebrar os cem anos de morte desse grande artista da música clássica é algo que se faz necessário nesse ano de 2024”, afirma o maestro Carlos Prazeres.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM AGENDA CULTURAL :

Ver mais em Agenda Cultural