Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > bahia
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Whatsapp Whatsapp
Surto

Casos de dengue aumentam em 773% em Salvador e 55% na Bahia

Dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS) e Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab)

Redação iBahia • 20/03/2023 às 10:02 • Atualizada em 20/03/2023 às 10:27 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Casos de dengue aumentam em 773% em Salvador e 55% na Bahia

Salvador registrou 1.066 casos de dengue entre janeiro e março deste ano, o que representa um aumento de 773% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 122 casos foram notificados. Na Bahia, foram 9.925 casos de dengue registrados em dois meses, um aumento de 55% em coparação ao ano anterior. Ao menos 36 municípios estão em situação de epidemia.

Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS) e Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e dizem respeito aos casos prováveis da doença. Isso significa que são pessoas que tiveram os sintomas compatíveis, mas não houve confirmação laboratorial.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Vale ressaltar que é comum que os casos de dengue, doença transmitida pelo Aedes aegypti, aumentem em Salvador entre março e abril, quando o clima está quente e úmidos.

Bahia

Nove mil e novecentos foram notificados na Bahia entre o primeiro dia do ano e 11 de março. No mesmo período do ano passado, haviam sido 6.371. Duas mortes foram registradas e o coeficiente de incidência (CI) é de 67 doentes a cada 100 mil habitantes. As cidades que possuem mais notificações de dengue proporcionais ao número de moradores são: Vereda (148), Lençóis (250), Piripá (218), Itapé (164) e Ibipitanga (255).

O aumento do número de casos também foi registrado em outros estados brasileiros. Entre janeiro e fevereiro, o Brasil registrou 160 mil casos - um aumento de 46% em relação ao mesmo período de 2022.

A cidade de Espírito Santo registrou ao menos nove mortes em decorrência da dengue, em Minas Gerais foram seis. Rondônia registrou mais de mil pacientes confirmados em janeiro, 40% a mais que em todo o ano passado.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM BAHIA :

Ver mais em Bahia