Debates sobre metrô, portos e transporte público marcam primeiro dia do Agenda Bahia


Neste primeiro dia do seminário Agenda Bahia, representantes da iniciativa privada, do meio acadêmico e dos governos municipal e estadual estiveram reunidos para debater ações sob a perspectiva da mobilidade urbana e da situação dos portos baianos.

O evento promovido pelo jornal CORREIO e a rádio CBN, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e apoio da Ufba, foi realizado no auditório da Fieb entre 08h45 e 17h30 desta quinta-feira (4).

Pela manhã, o governador Jaques Wagner, o sócio-administrador da Rede Bahia, Luís Eduardo Magalhães Júnior, e o presidente da Rede Bahia, Antonio Carlos Magalhães Júnior, participaram da abertura.

Elefante branco
Em seu discurso, o Wagner abordou o polêmico caso do metrô de Salvador, cuja construção se arrasta por quase 12 anos: “Infelizmente o que temos ainda é a primeira parte do metrô, que não pode continuar sendo um elefante branco. Salvador merece e precisa de um equipamento eficaz”.

Portos e ferrovia
As palestras do presidente da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb), José de Freitas Mascarenhas, e do presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann, deram prosseguimento, respectivamente, ao evento. Eles destacaram a importância do investimento da iniciativa privada para melhoria dos portos baianos.

O terceiro palestrante foi Marcello Spinelli, presidente da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) e diretor de Logística da Vale, que falou sobre o escoamento da produção de grãos e minerais na Bahia através da Ferrovia de Integração Oeste-Leste.

Debate sobre os principais desafios para melhoria da infraestrutura do estado com a participação dos palestrantes, do secretário da Indústria, Comércio e Mineração (Sicm), James Correia, e com mediação do diretor-executivo do CORREIO, Oscar Valporto, encerrou as atividades da manhã.

Transporte público
No período da tarde, a partir das 14h, a mobilidade urbana de Salvador esteve em pauta. Fernando Paez, presidente da Transmilenio, apresentou o funcionamento do sistema de transporte público metropolitano de veículo leve sobre pneus (VLP) que funciona em Bogotá, capital da Colômbia.

Paez sugeriu que há condições para Salvador seguir o modelo colombiano: “Há oportunidade para implantar um sistema parecido integrando o sistema BRT ao metrô”. A palestra do presidente da Transmilenio foi seguida pelo debate entre José Mattos, secretário de transportes de Salvador, a professora Ilse Marília Freitas, da Escola Politécnica da Ufba e especialista em transporte e mobilidade, e Zezéu Ribeiro, secretário de planejamento estadual. Eles discutiram, dente outros assuntos, sobre a ponte Salvador-Itaparica e o metrô de Salvador.

O secretário José Mattos lembrou ainda do projeto da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) de implantação de novas ciclovias na cidade: “São 80 km que nós desenvolvemos com a Conder para contemplar a região da Paralela até a Orla”.

Sobre o Agenda Bahia
Durante os quatro dias do Agenda Bahia serão debatidos quatro temas, em datas diferentes, com o objetivo de discutir ações que resultem no desenvolvimento sustentável da Bahia, fortalecendo a posição de destaque do estado no país.

Os debates acontecem no auditório da Fieb, das 08h às 17h30. Além das palestras, o evento contará com tempo para perguntas da plateia e debates, realizados sempre ao final da manhã e da tarde.

PRÓXIMOS SEMINÁRIOS DO AGENDA BAHIA:
– Inovação (Sustentabilidade), no dia 24 de agosto
– Economia Climática e Industrialização (Agronegócio), dia 14 de setembro
– Copa de 2014 (Turismo), no dia 27 de setembro