Bahia

Médico é suspeito de estuprar criança de dez anos na Bahia

Pena pode chegar a 15 anos pelo crime

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um médico, que não teve a identidade revelada, foi indiciado pelo estupro de uma criança de dez anos, na cidade de Santa Inês, no sul da Bahia. Não há confirmação de prisão do suspeito. As informações são do G1 Bahia.

O registro da ocorrência aconteceu no dia 17 de agosto e notificava um estupro de vulnerável, que teve o médico como autor, segundo o G1. A polícia pediu perícia do abuso, recolheu depoimentos tanto da vítima quanto de testemunhas e depois interrogou o médico.

Não foi divulgada qualquer informação sobre o conteúdo dos depoimentos. O Código Penal prevê pena de oito a 15 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável.